desenvolvimento infantil 1

Foto: Bruno Bralfperr

Você já reparou como as crianças pequenas, e até mesmo os bebês, estão sempre querendo aprender? De uma maneira geral, as crianças costumam ser muito curiosas: olham com atenção para as pessoas e para os objetos, pegam, colocam na boca, amassam, rasgam, jogam longe e mais tarde, quando já falam, perguntam tudo.

Para entender melhor como uma criança se desenvolve, leia a entrevista com a educadora Érica Hobold.

O que a Pastoral da Criança faz para ajudar as famílias no desenvolvimento das crianças?

A Pastoral da Criança entende que o desenvolvimento está relacionado com a condição de vida da criança. Ela orienta a família que as crianças precisam de outros cuidados, que são as relações que as crianças têm com outras pessoas de sua família e de sua comunidade. Esse relacionamento faz com que a criança aprenda o modo de falar, as atividades, os valores. E, para orientar os pais, a Pastoral da Criança usa indicadores, que começam a ser observados desde que o bebê nasce e vão até os seis anos de idade.

Eles apontam para situações de vida da criança e se relacionam com o seu desenvolvimento integral: os principais aspectos de saúde, amamentação, peso e altura, doenças, vacinas, acesso ao serviço de saúde e, também, outros aspectos que falam da questão de relacionamento e de aprendizagem.

Erica Hobold entrevista

 Erica Hobold - Assistente técnica da Pastoral da Criança

A criança na fase dos quatro anos aos cinco anos e 11 meses, por exemplo, está fazendo muitas descobertas sobre o mundo a sua volta. É, também, curiosa e faz muitas perguntas. Quais são as orientações que a Pastoral da Criança dá às famílias que têm crianças nessa faixa etária?

A Pastoral orienta que os pais leiam para a criança. Nessa idade, a criança já se comunica usando frases pequenas para dizer o que deseja e sente, dá opiniões e escolhe o que quer. A brincadeira de “faz de conta” ajuda a desenvolver o pensamento da criança, que agora se apoia em mais ideias e palavras. Ela já é capaz de imaginar além do que está vendo. A criança faz muitas perguntas e tem curiosidade. Por isso, os pais devem escutar o que a criança fala e procurar responder. Ela já pode desenhar formas que parecem com o sol, bonecas, casas. E aprende que pelo desenho ela pode contar suas histórias.

Saiba mais:
Férias: tempo de desenvolvimento em família
Férias escolares: uma pausa para estar em família

Qual é a importância da criança desenhar?

O desenho ajuda muito no desenvolvimento da criança. Por meio do desenho, ela expressa o que ela vê e, também, o que ela sente. Desenhar ajuda a criança a, mais tarde, aprender a ler e a escrever. Quase todas as ideias das crianças podem ser expressas através dos desenhos. E a maioria das crianças adora desenhar. Além de usar o lápis, a criança também pode desenhar usando giz de cera, pedra, carvão e, até mesmo, usar o dedo para pintar. Estimule a criatividade do seu filho. Quando se estimula a criança a desenhar, você está ajudando que ela se desenvolva na sua percepção, emoção e inteligência.

Leia a entrevista na íntegra: 1266 - Entrevista com Érica Hobold - Desenvolvimento Infantil (.PDF)

Esta entrevista é parte do Programa de Rádio Viva a Vida da Pastoral da Criança.
Ouça o programa de 15 minutos na íntegra

1266 - 04/01/2016 - Desenvolvimento infantil

Sul
 
Norte