logo-viva-a-vida_verdeA malária é uma doença que ocorre em diversas regiões do Brasil. É transmitida através da picada da fêmea contaminada do mosquito “Anopheles”, transfusão de sangue parasitado, uso de seringa compartilhada e por via transplacentária (mãe/filho). A pessoa apresenta febre, calafrios, crises de suor, dor de cabeça, vômitos e mal-estar geral.

 

 

Viva a VidaPrograma de rádio Viva a Vida
Programa Viva a Vida 838 - "Malária"


Esta entrevista é parte do Programa de Rádio Viva a Vida da Pastoral da Criança.
Ouça o programa de 15 minutos na íntegra

Sul

Norte

Em crianças maiores que cinco anos de idade, a malária tem a mesma evolução que em adultos. Entretanto, em crianças em idade pré-escolar, não se observam os sinais característicos, o que dificulta o diagnóstico. Os lactentes, geralmente, não apresentam  os tremores típicos. Tornam-se flácidos e sonolentos, perdem o apetite, têm frio e podem apresentar vômitos e convulsões; a temperatura varia entre 38,5 e 40º C e a febre pode ser contínua, que cede e volta ou irregular; posteriormente, podem surgir dores abdominais e diarreia.

Na gestante, a malária pode ter evolução com complicações duas vezes mais frequentes que na mulher não gestante, podendo determinar um quadro clínico grave e, às vezes, fatal.

 


Mais recentes - Gestação