bebe de quatro meses aleitamento

 Foto: Vani Amparo

O leite materno continua sendo o melhor e único alimento necessário para o bebê. Nos primeiros meses de aleitamento materno exclusivo, é normal o bebê ser mais gordinho. Perto dos quatro ou cinco meses, a tendência é continuar ganhando peso, agora mais lentamente. Mas o ganho de saúde e amor que a amamentação traz continua aumentando cada vez mais!

O leite materno é tão apropriado para o bebê que por volta do quinto mês ele fica menos doce para facilitar que, no sexto mês, possam ser introduzidos os novos alimentos de que o bebê precisa.

Quando as mães trabalham fora, devem continuar dando o peito para o bebê. Enquanto a mãe está fora, a pessoa que cuida do bebê pode dar o leite materno retirado por ordenha. Quando a mãe voltar para casa, deve oferecer o peito para o bebê.

Saiba mais: Ordenha (como retirar o leite do peito)

Desnutrição infantil

Crianças que apresentam crescimento deficiente, perda de peso ou estão sempre com alguma doença infecciosa, como diarreia e doenças respiratórias, podem estar ficando desnutridas e precisam de muita atenção e cuidados.

Saiba mais: Desnutrição infantil

Como o bebê pode aprender e se desenvolver

bebe de quatro e cinco meses ioc 1

 Foto: Rodolfo Bührer

O bebê mostra que conhece as pessoas que estão sempre com ele?

O bebê começa a perceber que tem um nome e demonstra isso quando olha para quem o chama. Ele já está conhecendo melhor as outras pessoas da família e gosta muito de ficar junto delas. Sorri, agita os bracinhos, sacode o corpo para as pessoas. Gosta de segurar a mão delas e tocar seus rostos. A convivência com avós, tios e irmãos mais velhos também ajuda no desenvolvimento do bebê.

Perto de pessoas estranhas, o bebê pode ficar tímido, desconfiado e até chorar. Isso mostra que ele já percebe quem ele não conhece ou as pessoas que não estão sempre com ele.

O bebê reage à separação da mãe e, geralmente, chora quando fica sozinho. Os pais e as pessoas da família podem descobrir maneiras de realizar seus afazeres em casa deixando, sempre que possível, o bebê perto.

bebe de quatro e cinco meses ioc 2

 Foto: J. R. Ripper

Quando alguém faz barulho atrás do bebê, ele vira a cabeça à procura do barulho?

Os pais e as pessoas da família podem criar várias oportunidades para o bebê ouvir e identificar sons. E fazem isso quando prestam atenção e repetem os sons que o bebê faz, quando colocam perto dele coisas que têm sons diferentes. O bebê pega, brinca de sacudir, bate uma coisa na outra e ouve o barulho.

O bebê já tem outras maneiras de se comunicar. Antes, só fazia sons com sua garganta; agora, ele começa a fazer também sons com seus lábios. Dá gritinhos, faz “m, m, mã, mã”; “p, p, pa, pa”. Gosta de ficar repetindo e ouvindo a própria voz. Quando o bebê age assim, demonstra que está empenhado em aprender a falar. Se as pessoas da família repetem os sons que ele faz, estão ajudando o bebê a aprender a falar.

"Eu falo do que vi junto do Pai;
e vós fazeis o que ouvistes do vosso pai”.
Jo 8,38

bebe de quatro e cinco meses ioc 3

Foto: Arquivo da Pastoral da Criança

Os pais animam o bebê a tentar pegar as coisas que colocam perto dele?

Nessa idade, o bebê pode começar a se interessar pelos objetos. Mas, para que isso aconteça, ele precisa da ajuda das pessoas. É preciso que elas coloquem perto dele objetos variados, animando o bebê a prestar atenção neles.

Fazendo assim, as pessoas também ajudam o bebê a coordenar seus movimentos com seus sentidos, como visão, audição, tato. Ele olha, coloca na boca, morde, lambe, sacode. Com isso, o bebê sente como as coisas são: duras, moles, leves, pesadas, ásperas, lisas.

bebe de quatro e cinco meses ioc 4

Foto: Rodolfo Bührer

Quando alguém coloca o bebê sentado, com apoio, ele consegue ficar nessa posição?

 

 

 

 

 

ACIDENTES DOMÉSTICOS/ATENÇÃO: O bebê não pode ser deixado sozinho em lugares de onde possa rolar e cair. É preciso cuidar também para não deixar perto dele coisas perigosas, como sacos plásticos, pois ele pode se engasgar e sufocar.

Higiene

O bebê gosta cada vez mais da hora do banho. Gosta de sentir a água morninha na sua pele, de brincar batendo os pés e as mãos na água e do bem estar que a limpeza proporciona.

Saiba mais: Cuidados com a pele do bebê

Cada família tem um modo de cuidar de seus filhos, mas é preciso que tenha uma rotina diária, com horários para o banho, alimentação, para o sono e também para o bebê brincar. Ele pode ficar nervoso e inseguro quando há muita alteração no seu dia a dia.

bebe de quatro e cinco meses higiene 1

 Foto: Pedro Serápio

Antes de aparecerem os primeiros dentes, as gengivas ficam inchadas e doídas. Por isso, o bebê pode ficar irritado e inquieto. É preciso continuar limpando a boca do bebê. Essa limpeza é feita com pano limpo umedecido, depois do bebê se alimentar, em especial após a última mamada da noite. As mãos do adulto devem estar bem lavadas.

O nascimento dos dentes varia de criança para criança: há crianças que nascem com dente e outras que completam um ano sem dentes. Em geral, o primeiro dente nasce por volta dos seis meses de idade.

Nessa idade o bebê ainda deve estar recebendo só o leite materno. Mas se já estiver recebendo alimentos, eles não devem ter açúcar ou sal. Não se deve soprar a comida do bebê para esfriar ou dar alimentos para ele com a mesma colher que o adulto está usando para comer. Isso pode transmitir bactérias da boca do adulto para a do bebê. Quando a chupeta cai no chão, algumas pessoas tem o hábito de passar em sua boca e devolver ao bebê: isto também pode transmitir cárie ao bebê - além da sujeira, que estava na chupeta, contaminar o adulto.

Verifique se o Posto de Saúde de seu município oferece atendimento de dentista para bebês. Se tiver, os pais devem levar o bebê a uma consulta.

bebe de quatro e cinco meses vacinacao

Foto: Paula Pizzatto

Algumas vacinas precisam de mais de uma dose para fornecer uma proteção total contra a doença. Por isso é importante que as crianças tomem todas as doses indicadas de vacinas para ficar bem protegidas.

Saiba mais:

Vacinação infantil - proteção, cuidado e prevenção

Vacinação - um direito da criança, um dever dos pais

Estas orientações foram retiradas do Guia do Líder (.PDF)