1311 dia de oracao e acao entrevista

Foto: Marcello Caldin

A Pastoral da Criança, em parceria com a Rede Global das Religiões pelas Crianças, celebra todos os anos no Brasil, no dia 20 de novembro, o Dia Mundial de Oração e Ação pela Criança. Essa data foi instituída durante o 3º Fórum da Rede Global das Religiões pela Infância (GNRC), realizado na cidade de Hiroshima, no Japão, em maio de 2008.

A proposta é realizar orações e ações para garantir, proteger e promover os direitos e o bem-estar das crianças. São diversas tradições e iniciativas religiosas, que realizam em parceria com a comunidade, essa rede de reza e ação em prol das crianças.

Para saber mais sobre essa iniciativa e o que está sendo pensado para este ano, leia a entrevista com Clóvis Boufleur.

Como está a situação da criança atualmente?

A violência contra as crianças é um dos maiores desafios nos dias de hoje. Atualmente, são cerca de 100 mil mortes de jovens, entre 15 a 19 anos, causadas pela violência, todos os anos. São, também, milhões de crianças vítimas de trabalho forçado, espancamentos ou envolvidas nas guerras das gangues do crime organizado.

clovis-boufleur

Clóvis Boufleur

A Rede Global de Religiões pela Criança (GNRC) irá realizar no Panamá, em maio de 2017, o 5º Fórum sobre a Criança, em que será discutido o tema: “Comunidades de Fé Transformadas: Acabar com a Violência contra as Crianças”. Por que foi escolhido esse tema?

Além da violência doméstica, que acontece dentro das casas, existem as guerras, as disputas de gangues e conflitos nas favelas, das grandes cidades do país. O tema violência é realmente preocupante e esse é o motivo pelo qual ele precisa fazer parte da agenda das nossas discussões.

O Papa Francisco disse, recentemente, que não adianta fazer apenas grandes congressos para falar de paz. Mas, que é preciso vivê-la na prática, nas pequenas coisas do dia a dia. Precisamos envolver as pessoas na luta pela causa da infância. Que exemplos existem hoje que demonstram isso?

Destaco uma campanha lançada durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, que se chama: “Respeitar, Proteger, Garantir: todos juntos pelos direitos de crianças e adolescentes”. E, também, a campanha que envolve as tradições religiosas, o Unicef e recebe o apoio da Pastoral da Criança, que se chama: “Proteja Brasil”, que conta com um aplicativo de celular para fazerem denúncias, reclamações, enviar informações sobre violência contra criança de forma identificada ou anônima. As pessoas podem comunicar as situações também pelo telefone, discando o número 100.

Como a Pastoral da Criança está colaborando para acabar com a violência contra a criança?

A Pastoral da Criança promoveu, em 1999, a campanha “A Paz começa em Casa” e incluiu a educação para a paz nos seus materiais educativos. Um dos materiais mais conhecidos desta iniciativa se chama: “Dez Mandamentos para a Paz na Família”. Esses mandamentos são um verdadeiro convite para construir ambientes de paz e amor na família.

Leia a entrevista na íntegra: 1311 - Entrevista com Clóvis Boufleur - Dia Mundial de Ação e Oração pela Criança (.PDF)

Esta entrevista é parte do Programa de Rádio Viva a Vida da Pastoral da Criança. Ouça o programa de 15 minutos na íntegra
Programa de Rádio 1311 - 14/11/2016 - Oração e Ação pela Criança
{audio socialshare:no}1311 - Oracao e acao pela crianca sul|/joomlatools-files/docman-files/1311oracaoeacaopelacrianca_S.mp3; 1311 - Oracao e acao pela crianca norte|/joomlatools-files/docman-files/1311oracaoeacaopelacrianca_N.mp3{/audio}

Mais recentes - Criança