outrosassuntos1Férias escolares! Para as crianças, é um período de descanso, de rotinas mais flexíveis, de muitas brincadeiras e de tempo livre para se divertir. As crianças ficam mais agitadas e cheias de energia. Esse tempo livre, porém, preocupa os pais e aumenta o cuidado da família para com suas crianças. O primeiro dilema dos pais é saber o que fazer com as crianças e como ocupá-las durante as férias. A melhor forma de prevenção é a invenção criativa de momentos alegres e interativos, que tornem as crianças mais felizes. O cuidado com as crianças inclui presença, escuta e diálogo permanente. Medidas de prevenção e supervisão da família, devem ser redobradas durante as férias escolares. Com alegria, queremos registrar algumas dicas que favoreçam aos pais, e maiores cuidados para com os seus filhos.

Dicas para escolher lugares seguros para brincar

  • Próximo da residência podemos encontrar um gramado bonito, limpo, com algumas árvores para que a criançada possa se divertir, ouvir o canto dos pássaros, pegar um pouco de sol, correr livremente, jogar bola, trilhar corda e quem sabe outras brincadeiras de suas invenções, como deitar no chão para olhar o movimento das nuvens e adivinhar suas formas.
  • Uma rua sem movimento permite que as crianças possam explorar o mundo de forma criativa, inventiva, o que permite socializar diferentes brincadeiras. É importante que os adultos preparem o ambiente, deixando limpo (sem pedaços de telhas, cacos de vidro, pregos em madeiras, lixos). Essa intervenção dos adultos revela cuidado e carinho pelas crianças.
  • Utilizar os pátios de residências, praças de igrejas, praças comunitárias. Sempre é preciso ter algum adulto disponível para cuidar e vigiar o ambiente. Em um lugar público sempre circulam muitas pessoas desconhecidas. Para brincarem seguras, as crianças precisam de cuidados e atenção dos familiares.

Dicas para brincar na comunidade

  • Ver na vizinhança, casas que disponibilizam áreas livres e seguras para que as crianças possam brincar com os amigos. É importante que as famílias se preocupem em criar ambientes limpos, agradáveis e seguros para que as crianças possam brincar livremente. Elas deverão ser acompanhadas pelo olhar vigilante do adulto responsável. Não permitam que as crianças fiquem desprovidas de cuidados e sozinhas.
  • Uma boa opção é reunir as crianças em espaços abertos dos prédios ou na frente das casas, para brincar de casinha ou de outros jogos divertidos e criativos. Antes do encontro das crianças, é bom que os pais olhem e preparem o ambiente. Varrer o espaço, recolher o lixo, verificar se não há aranhas e outros insetos nos cantos. É o momento da família falar sobre a importância de recolher o lixo, as embalagens de plásticos, os papeis. Isso evita poluir o meio ambiente.
  • Normalmente, nas proximidades das casas ou prédios, as crianças gostam de se encontrar para conversar e brincar juntos. Jogos como: queimada, pular corda, pega-pega, esconde-esconde, amarelinha, cinco marias e outras atividades, que possam ser feitas em grupo, costumam atrair as crianças. Mesmo, nesses espaços, as crianças precisam de cuidado, apoio e presença dos familiares.

Saiba mais: Brinquedos e brincadeiras

Dicas para brincar em segurança dentro de casa

A casa é um lugar aconchegante e, em geral, as crianças gostam de brincar dentro de casa. Brincar em casa, com os filhos, é uma atitude que fortalece a cumplicidade dos laços familiares. Em especial nos dias de chuva, podemos brincar de cabanas, na sala, utilizando lençóis e cadeiras. Nestas cabanas, dá para brincar de ler histórias divertidas e até aproveitar para realizar pequenos teatros de fantoches. O importante é manter os ambientes bem arejados, limpos e bem protegidos, para que as crianças não tenham acesso a objetos cortantes, como tesouras e facas.

  • Brincar de casinha é sempre uma excelente oportunidade para as crianças. Toda família sabe o quanto é importante acompanhar as crianças e estar sempre atentos as suas brincadeiras. Elas são muito rápidas e precisamos protegê-las. Evitar cadeiras perto de janelas; tolhas de mesa de pontas com jarras de leite ou água quente em cima; colocar os tampões de tomadas; velas e fósforos nunca ao alcance das crianças; cabos de panelas e frigideiras sempre virados para o lado interno do fogão. Nos horários de preparar os alimentos, evitar a presença das crianças na cozinha.
  • Durante as férias, evite deixar as crianças em frente às telas do computador, da TV, dos tablets. Procure oferecer outras possibilidades criativas para facilitar o brincar livre. Que tal promover jogos de quebra-cabeça, arte com argila, pinturas com tintas, desenhos diversos? Converse com a criança e deixe ela inventar novas brincadeiras. Para brincar seguro dentro de casa, a família precisa estar atenta, oferecer segurança e afeto. Quando as crianças brincam, a sensação de liberdade é maravilhosa e o adulto pode entrar na brincadeira também. Férias! Uma oportunidade para conviver, interagir e conhecer melhor as habilidades das suas crianças.

Ir. Veroni Teresinha Medeiros
Assistente técnica da coordenação nacional da Pastoral da Criança

Foto: Mulungu - Paraíba

Mais recentes - Criança