1362 ganho de peso na gestaco entrevista

Foto: Acervo da Pastoral da Criança

Todos sabemos que uma alimentação saudável traz saúde e qualidade de vida, ainda mais para quem está gerando uma nova vida. Mas, como devo ser o ganho de peso na gravidez?

A primeira coisa a saber é que o ganho de peso está ligado a vários fatores, como a alimentação, a genética, a altura e até mesmo o peso da mulher antes dela engravidar e por isso, o valor varia de gestante para gestante.

Para sabermos mais sobre o ganho de peso na gestação, conversamos com a Marcia Moscatelli, nutricionista da coordenação nacional da Pastoral da Criança.

Quais são os erros mais comuns que as gestantes cometem no que se refere a alimentação?

Um deles é aquela famosa frase do de que a gestante precisa comer por dois, mas isso não é verdade. O outro erro é comemorar porque se ganhou pouco peso durante a gestação. Em muitos casos a mulher fica preocupada em não engordar muito e acaba fazendo regime, mas esse não é o momento para fazer regime. Para garantir a saúde da mãe e do bebê, a mulher precisa ter uma alimentação adequada dentro das recomendações de ganho de peso.

Qual é o ganho de peso ideal para na gravidez?

marcia moscatelli2

Márcia Moscatelli - Nutricionista da Pastoral da Criança

Para as gestantes que são saudáveis, que já estão com o peso adequado antes da gestação e que vão gerar apenas um filho, a recomendação é de 11 a 16 kg. Isso pode mudar de acordo com o estado nutricional da mulher e também se ela ter gêmeos.

O que fazer quando a mulher já está acima do peso antes da gravidez?

O excesso de peso na gestação pode trazer várias complicações. Além de fazer o pré natal, a gestante com sobrepeso ou com obesidade ela não pode ganhar o mesmo peso do que a gestante que está com o peso adequado. Gestantes com sobrepeso devem ganhar entre 7 a 11,5 kg. Já as gestantes obesas devem ganhar entre 5 a 9 kg na gravidez.

O que fazer quando a mulher engravidou magra demais?

Mulheres que já estavam com baixo peso antes de engravidar, possuem baixas reservas de nutrientes e gordura no seu corpo. Por isso, elas devem redobrar os cuidados com a alimentação e ganhar entre 12.5 e 18 kg até o final da gestação, caso esses cuidados não sejam tomados, o bebê pode ter um atraso no crescimento dentro da barriga da mãe ou nascer com baixo peso, que é menos do que 2.5 kg. Esses bebês também podem apresentar maior risco de ficarem doentes na infância e ainda desenvolver doenças na vida adulta, como: diabetes, pressão alta e problemas no coração.

O que fazer para se ter um ganho de peso ideal na gravidez?

É importante dizer que não existe uma fórmula mágica que sirva para todas as mulheres. Por isso, é tão importante fazer o pré natal, o acompanhamento com o médico e tirar todas as suas dúvidas. É precisa ter uma alimentação saudável com todos os tipos de alimentos frescos e naturais, o ideal é que a gestante façam pequenas refeições várias vezes ao dia e também, é aconselhado manter o consumo de alimentos como: frutas da região, legumes, verduras e cereais integrais, como o pão e arroz integral. Em algumas regiões nós vemos que existem outros alimentos típicos que podem substituir o pão e o arroz, como: a mandioca, a batata doce, a tapioca ou o cuscuz. O feijão também é muito importante, carnes magras, leite e derivados.

Leia a entrevista na Ìntegra: 1362 - Entrevista com Marcia Moscatelli - Ganho de peso na gestação (.PDF) 

Esta entrevista é parte do Programa de Rádio Viva a Vida da Pastoral da Criança.
Ouça o programa de 15 minutos na íntegra:
1362 - Ganho de peso na gestação (SUL)
1362 - Ganho de peso na gestação (NORTE)