1)Quais são as vacinas que todas as crianças precisam tomar?

BCG-ID, Hepatite B, Pentavalente, vacina Poliomielite (injetável, oral), Pneumocócica 10, Meningocócica c, Febre Amarela, Triplece viral, Triplice Bacteriana, Influenza

2)Quais são as reações mais comuns das vacinas? Quando ir ao médico?

As mais comuns são as reações locais como inchaço, dor no local da aplicação, vermelidão, endurecimento no local e febre. As reações normalmente ocorrem no local da aplicação, o que é muito fácil perceber. E a febre, quando aparece, é baixa e dura menos de 48 horas.

Porém, febre alta – acima de 39º C -, urticária ou choque anafilático não são sintomas normais. Se a febre, acima de 39° C, se prolongar por mais de dois dias após a vacinação, aí sim, é muito provável que o corpo esteja sinalizando um outro problema, então procure imediatamente um médico

3)A criança resfriada/ gripada pode tomar a vacina prevista para aquela data?

Depende. A Criança não deve tomar as vacinas se estiver, no momento, com alguma doença que apresente febre alta.

4)Quando o dia marcado para tomar a vacina cair em um final de semana, qual é o melhor procedimento?

Antecipe a vacina. Não há problema em tomar as doses dois ou três dias antes ou depois do prazo.

5) O que deve ser feito quando se perde o prazo de uma vacina?

Deve-se procurar a unidade de saúde e tomar a dose perdida. Nesse caso, não há necessidade de reiniciar o calendário.

6) É necessário repetir as vacinas caso a caderneta seja perdida?

Não. Em caso de perda da caderneta, não há necessidade de tomar vacinas já aplicadas. O importante é ir ao estabelecimento, onde o criança tomou as vacinas, e solicitar uma nova caderneta. Todos os lugares que aplicam vacinas são obrigados, pelo Ministério da Saúde, a manter registros de todas as aplicações e fornecer o documento, caso seja solicitado.

7) Pode tomar várias vacinas no mesmo dia?

Sim, desde que as vacinas sejam aplicadas em lugares diferentes do corpo.

Mais recentes - Criança