7dicas

1- Use os remédios corretamente e nunca os utilize sem orientação médica. As bombinhas e os corticoides, na medida e hora certas, ajudam a controlar a crise;

2- É muito importante identificar os fatores que promovem o aparecimento das crises e afastar-se deles o máximo que puder. Ter asma não impede ninguém de tem uma vida normal;

3- Não fume. O cigarro é um veneno também para as pessoas que tem asma;

4- Limpe a casa, pois os ácaros, presentes no pó de nossas casas, provocam asma. A higienização de cada cômodo pode evitar crises alérgicas de asma e bronquite. Lembre que temos que limpar tudo, por exemplo: móveis, varrer o chão, cortinas, tapetes, sofás, etc. Mas tome cuidado com os produtos de limpeza muito fortes, pois podem provocar alergias.
Cuidado também com o mofo, formado por fungos microscópicos que crescem em lugares úmidos e, normalmente, se reproduzem liberando esporos no ar, que irão formar outras colônias. Esses esporos, quando inalados, produzem reações alérgicas. Para evitá-las, é recomendado abrir as janelas todos os dias e limpar com frequência as latas de lixo.

5-
 A saliva e as glândulas sebáceas de cães e gatos são carregados de partículas minúsculas que permanecem no ar por períodos prolongados. Lavar os animais com água ajuda a remover parte destes alérgenos. As baratas também são inimigas para quem tem asma ou bronquite.

6- 
Também temos que evitar usar perfume de cheiro forte, spray de cabelo ou perfumadores de ambiente.

7- O aspecto emocional também pode desencadear uma crise de asma: o estresse, a ansiedade e o nervosismo. As emoções podem funcionar como um gatilho para o aparecimento ou a piora da doença. Os sintomas emocionais podem influenciar e interferir no tratamento da asma. Situações de forte tensão emocional devem ser levados em conta. Muito amor e carinho ajudam a passar pelas crises com mais segurança. Tenha calma este momento difícil, que ficará mais fácil.

Qual a diferença entre asma e bronquite?

A asma e a bronquite crônica possuem sintomas muito parecidos: tosse, chiado no peito, produção exagerada de muco e fechamento dos brônquios.

Asma

A asma é uma inflamação em toda a via aérea respiratória. Essa inflamação é desencadeada por bichinhos chamados ácaros e também pólens, que podem fazer com que a pessoa tenha falta de ar, tosse e chiado no peito. As crises de asma normalmente surgem e desaparecem. Só os pacientes com asma grave têm sintomas contínuos.

Bronquite

Já na bronquite crônica, a tosse é contínua, com muito muco. E permanece por mais de três meses, durante pelos menos dois anos consecutivos.

É importante esclarecer que, de acordo com a Sociedade de Pediatria de São Paulo: "Bronquite é um termo genérico que significa apenas inflamação nos brônquios, que são os canais que levam o ar até os pulmões. Existem várias causas de bronquite, como o fumo, infecções e processos alérgicos. A "famosa" bronquite alérgica ou bronquite asmática, que é a causa mais importante nas crianças, é a mesma coisa que asma e esse é o termo mais correto de se usar atualmente".

Foto: Arvind Balaraman

 

Mais recentes - Criança