Irmã Veneranda
A economia é um tema que preocupa muita gente, afinal sem renda, nenhuma família consegue viver com qualidade de vida. Apesar de vivermos em tempos difíceis, principalmente em relação ao emprego e renda, é possível, dentro da nossa casa e realidade, adotarmos atitudes que ajudem na economia doméstica.

Por exemplo, veja o dinheiro que você tem para o mês e não o gaste por impulso, mas faça um planejamento simples, do que mais você precisa comprar para o momento. Para ajudar na alimentação, procure fazer uma horta caseira, mesmo em pequenos espaços, assim você economiza na compra do mercado.

Leia mais...

A economia a serviço do bem viverO atual cenário brasileiro apresenta para muitas pessoas uma situação difícil. Perda de renda, desemprego, fome e muitas incertezas em relação ao futuro. Como podemos nos recuperar desse momento tão difícil? 

O papa Francisco apresentou uma iniciativa ao mundo, denominada “Economia de Francisco”, uma nova economia possível e que coloca a pessoa no centro das relações e não o lucro. Uma economia onde todas as pessoas tenham o suficiente para viver com dignidade.

Leia mais...

10 Mandamentos para a paz na família“Eu gostaria de dizer que realmente a educação para a paz começa antes de nascer, quando os pais aceitam bem a criança, procuram rezar para elas, cantar, acarinhar a barriga da mãe e depois através do aleitamento materno, que é fonte do amor e devolve muito as emoções. 

Assim a criança fica mais forte emocionalmente, capaz de enfrentar, resistir a tantas coisas que às vezes precisam passar na vida. Eu diria que: depois que nasceu também a criança deve ser muito acarinhada, muito valorizada, elogiada, mas também deve ter limites, e se não é para pegar tal coisa, não deve pegar tal coisa. Então, na vida deve-se ter limites, pois na vida não é possível ser feliz se fizer tudo que se passa pela cabeça, então isso, às vezes, cria muita violência dentro da família, porque a criança não foi educada para limites. 

A Pastoral da Criança elaborou os 10 Mandamentos para a Paz que estão no Brasil inteiro, milhões e milhões de folhetos foram feitos para que as famílias conhecessem como melhor viver para que haja paz nas famílias, porque havendo paz nas famílias, vai haver paz na comunidade e no país”.

Dra Zilda 

Leia mais...