dra zilda arns neumann pastoral da crianca

O Senador Flávio Arns informou de Porto Príncipe, Haiti, que o corpo da Dra. Zilda está na base do Exército brasileiro naquele país. A liberação e transferência do corpo para o Brasil está dependendo de um documento, que está sendo providenciado pela família. Ele relatou as circunstâncias da morte da Dra. Zilda: “A Dra. Zilda estava em uma igreja, onde proferiu uma palestra para cerca de 150 pessoas. Ela já tinha acabado seu discurso e estava conversando com um sacerdote, que queria mais informações sobre o trabalho da Pastoral da Criança. De repente, começou o tremor. O padre que estava conversando com ela, deu um passo para o lado e a Dra. Zilda recuou um passo e foi atingida diretamente na cabeça, quando o teto desabou. Ela morreu na hora.

A Dra. Zilda não ficou soterrada. O resto do corpo não sofreu ferimentos, somente a cabeça foi atingida. O sacerdote que conversava com ela sobreviveu. Já outros quinze sacerdotes que estavam próximos a ela faleceram”.