dra zilda arns neumann pastoral da crianca

A Pastoral da Criança está comemorando 25 anos de atuação no Rio Grande do Sul. E para homenagear a dedicação dos voluntários e líderes que atendem 2,5 mil comunidades no Estado, a Deputada Estadual Marisa Formolo  realizou um Grande Expediente no último dia 09 de setembro, na Assembleia Legislativa.

A deputada ainda condecorou a coordenadora nacional da Pastoral da Criança, Ir. Vera Lucia Altoé e a coordenadora estadual, Inácia Cassol com placas da 52ª Legislatura. Em seu pronunciamento, Marisa Formolo recordou que em 1982, numa reunião da ONU sobre a paz mundial, um representante da UNICEF sugeriu ao Cardeal Dom Paulo Evaristo Arns a criação de um projeto de igreja para combater as altas taxas de mortalidade infantil no Brasil e que desenvolvesse nas comunidades ações de saúde, nutrição, educação, cidadania e espiritualidade ecumênica. “O trabalho da Pastoral da Criança não excluia a crença, mas estimula a fé ecumênica. Um trabalho de qualidade técnica, mas sobretudo de qualidade humana, com um objetivo simples, cuidar da vida, das crianças, desde sua concepção, gestação e desenvolvimento, em seu contexto familiar e comunitário”, destacou a parlamentar.

Ao final do Expediente, Marisa Formolo lembrou os voluntários e líderes da Pastoral da Criança. “Quando se deixa uma criança morrer, um pedaço do mundo, da civilização morre com ela. Por isso as homenagens, que fazemos aqui às lideranças, às coordenações é uma homenagem as ‘profetizas da vida’, pois conseguem denunciar violações dos direitos das crianças e ajudam fazer renascer a esperança e a nascer a real possibilidade de mais uma criança viver plenamente, seus direitos”.


Fotos: Marcelo Bertani / Agência AL/RS
Fonte: Assessoria de Imprensa – Deputada Marisa Formolo