dra zilda arns neumann pastoral da crianca

Vídeos sobre o falecimento da Dra. Zilda

 

JORNAL DA EDUCATIVA 2AED (PR) • REPORTAGEM • 16/1/2010 • 21:30:00 • TVE-PR

 

 

O enterro da doutora Zilda Arns foi realizado por volta das 17: horas, no Cemitério Municipal do Água Verde. A entrada foi restrita aos amigos e familiares, mas estima-se que cerca de 200 pessoas estiveram em frente ao cemitério para se despedir da médica que dedicou a vida a ajudar o próximo. O Corpo da Doutora Zilda Arns deixou o Palácio das Araucárias, em Curitiba, no início da tarde após uma missa especial. A cerimônia foi celebrada pelo primo da Doutora Zilda, Dom Leonardo Steiner.

Repórter: Airton Salles Jr.

 

 

Entrevistados: 

- Dom Leonardo Steiner, bispo

- Tita Gonçalves, voluntária da Pastoral

- Felipe Arns, irmão

- Carolina Arns, sobrinha

 

JORNAL DA BAND (SP) • REPORTAGEM • 16/1/2010 • 20:00:00 • BANDEIRANTES


   

O velório e o enterro da médica, que morreu em Porto Príncipe, atraíram mais de 7.000 pessoas em Curitiba. O presidente Lula chegou à noite, no Palácio das Araucárias, para dar o último adeus a médica Zilda Arns.


Repórter: Jordana Martinez

Entrevistados:

- Lula, presidente do Brasil.


 

JORNAL DA EDUCATIVA 2AED (PR) • REPORTAGEM • 16/1/2010 • 21:30:00 • TVE-PR

 

  

Instalado há 27 anos em Florestópolis, interior do Paraná, o projeto piloto da Pastoral da Criança trouxe esperança de vida aos mais necessitados. Este incansável trabalho da médica Zilda Arns deixou saudades e bonitas mensagens de espírito de fé e amor ao próximo. 

 

Repórter: Viviane Mallmann

 

Entrevistados: 

- Eunice Vicente Cardoso, coord. Pastoral da Criança/ Florestópolis

- Nadir Vicente, coord. CAIAC

- Onício de Souza, prefeito de Florestópolis

 

 

JORNAL DA EDUCATIVA 2AED (PR) • REPORTAGEM • 16/1/2010 • 21:30:00 • TVE-PR

 

 

Familiares e amigos deram o último adeus à médica e sanitarista Zilda Arns. No começo da tarde foi realizada um missa de corpo presente no Palácio das Araucárias, em Curitiba. O arcebispo Metropolitano de Curitiba foi o primeiro a transmitir mensagens de fé. O presidente da confederação Nacional dos Bispos do Brasil conduziu a solenidade. Dom Geraldo lembrou a dedicação e a perseverança de Zilda Arns. Durante a solenidade as lideranças mobilizadas pela fundadora da Pastoral da Criança, os resultados desta grande corrente realizada no Brasil e no mundo e a população do Haiti foram lembrados. O corpo de Zilda Arns foi levado sob aplausos para o cemitério Água Verde.

Repórter: Rafaela Moron