dra zilda arns neumann pastoral da crianca

Vídeos sobre o falecimento da Dra. Zilda

 

FANTÁSTICO (RJ) • REPORTAGEM • 17/1/2010 • 20:30:00 • GLOBO

 

 

Veja trechos do discurso que Zilda Arns fez antes de morrer, apresentados por uma das maiores atrizes do Brasil, Marília Pêra. “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos" significa trabalhar pela inclusão social, fruto da Justiça; significa não ter preconceitos, aplicar nossos melhores talentos em favor da vida plena, prioritariamente daqueles que mais necessitam. Somar esforços para alcançar os objetivos, servir com humildade e misericórdia, sem perder a própria identidade. Cremos que esta transformação social exige um investimento máximo de esforços para o desenvolvimento integral das crianças. Este desenvolvimento começa quanto a criança se encontra ainda no ventre sagrado da sua mãe. As crianças, quando estão bem cuidadas, são sementes de paz e esperança. Não existe ser humano mais perfeito, mais justo, mais solidário e sem preconceitos que as crianças. Como os pássaros, que cuidam de seus filhos ao fazer um ninho no alto das árvores e nas montanhas, longe de predadores, ameaças e perigos, e mais perto de Deus, devemos cuidar de nossos filhos como um bem sagrado, promover o respeito a seus direitos e protegê-los. Muito Obrigada! Que Deus esteja com todos!

 

 

JORNAL DA CULTURA (SP) • REPORTAGEM • 16/1/2010 • 21:00:00 • TV CULTURA

 

 

A representante no Brasil, do Fundo das Nações Unidas para a Infância, disse que o Unicef perdeu no Haiti a sua filha preferida. Em São Paulo, foi feito uma homenagem à Dra. Zilda Arns: Um parque inaugurado na região leste de São Paulo, que recebeu o nome da fundadora da Pastoral da Criança.

Repórteres: Bruno Waick, Rafaela Moron, Juliana Barletta

 

Entrevistados:

- Dom Geraldo Majella Agnelo, Arcebispo Primaz do Brasil;

- Michel Temer, presidente da Câmara dos Deputados;

- Roberto Requião, governador do Paraná;

- Lula, presidente do Brasil;

- José Serra, governador de São Paulo.

 

 

 

JORNAL NACIONAL (RJ) • NOTA COBERTA • 16/1/2010 • 20:15:00 • GLOBO

 

 

O corpo da médica Zilda Arns foi enterrado, neste sábado (16), em Curitiba. A fundadora da Pastoral da Criança morreu no terremoto, aos 75 anos. Uma missa foi celebrada no Palácio das Araucárias, sede do governo do Paraná, por onde passaram cinco mil pessoas, durante o velório. O corpo seguiu em um cortejo até o cemitério, mas o enterro foi restrito a parentes e amigos próximos. Zilda Arns comandava a instituição que ajuda a combater a desnutrição infantil um quatro mil cidades brasileiras.

 

 

PARANÁ TV 2a EDIÇÃO (PR) • REPORTAGEM • 16/1/2010 • 19:00:00 • GLOBO

 

  

O Paraná e o brasil se despediram hoje da médica Zilda Arns, fundadora da Pastoral da Criança. O corpo da médica e sanitarista foi sepultado hoje em Curitiba. Durante todo o dia, milhares de pessoas foram até o Palácio das Araucárias, se despedir de Zilda. No começo da tarde foi celebrada uma missa, e logo depois, o corpo seguiu em um caminhão dos Bombeiros até co Cemitério Água Verde.