dra zilda arns neumann pastoral da crianca

Vídeos sobre o falecimento da Dra. Zilda

 

JORNAL HOJE (SP) • NOTA COBERTA • 20/1/2010 • 13:15:00 • GLOBO

 

 

 

Os militares saíram da da Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro. Os homens vão ajudar na Missão de Paz no país.

 

Viajaram também dois médicos brasileiros e 31 militares do Paraguai, que vão ficar subordinados ao Exército do Brasil.

 

O grupo vai substituir os militares que voltarão do Haiti nos próximos dias.

 

Para homenagear a médica Zilda Arns, uma das vítimas do terremoto, o arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, celebrou uma missa hoje de manhã.

 

 

 

PARANÁ TV 1a EDIÇÃO (PR) • REPORTAGEM • 18/1/2010 • 12:00:00 • GLOBO

 

 

Em diversas igrejas e comunidades de todo o país será celebrada a missa de sétimo dia em memória de Zilda Arns fundadora da Pastoral da Criança. E mesmo com a dor da perda, voluntárias dos mais de 4mil municípios brasileiros que tem a presença da Pastoral da Criança só pensam em uma coisa: dar continuidade ao trabalho que Zilda Arns deu início. 

Repórter: Wilson Kirsche

 

Entrevistado: 

Romeu Paulino – voluntário 

 

E um dos militares que acompanhavam Zilda Arns no Haiti tinha um câmera e fez imagens da tragédia nos primeiros minutos logo após o terremoto. Essa imagens mostram que sobrou pouco da igreja onde Zilda estava na hora do tremor. 

 

Repórter: Rodrigo Alvarez 

 

Entrevistado: 

Lucas Diego Morais – soldado 

Rosangela Altóe -freira 

 

 

JORNAL MERCOSUL (PR) • REPORTAGEM • 18/1/2010 • 12:00:00 • REDE MERCOSUL

 

 

Com a morte da líder Zilda Arns, os voluntários da Pastoral da Criança pretendem se esforçar para manter acesa a chama iniciada por ela. No Paraná, estão 10% dos voluntários do Brasil, no projeto que tem a intenção principal: combate à desnutrição e mortalidade infantil.

 

Repórter: Claudia Ribeiro

 

 

JORNAL HOJE (SP) • REPORTAGEM • 18/1/2010 • 13:15:00 • GLOBO

 

 

O soldado fez imagens do momento em que Porto Príncipe desabou. Ele estava em frente à igreja e a escola onde morreu a fundadora da Pastoral da Criança, Zilda Arns.

 

Ele narra um pouco do que aconteceu. A assistente da Zilda Arns que também estava lá relembra o momento. As imagens foram conseguidas com exclusividade pelo Fantástico. 

 

Assistente / Zilda Arns: “Nessa hora subiu uma poeira branca, depois que tudo caiu no chão, que cobriu tudo. Esse poeirão durou uns dois ou três minutos. Foi a hora que me senti sufocada, como se fosse morrer e eu não tinha ar para respirar, era só poeira”. 

 

Soldado: “Acabou de desmoronar a igreja, quase caiu em cima da gente. Dá uma olhada na poeira. A movimentação é grande e com certeza tem feridos. Tinha muita gente aqui, não deu tempo de todo mundo sair não”. 

 

Assistente / Zilda Arns: “Foi um momento de desespero, de pânico. Eu andava para lá e para cá na rua para ver se encontrava a doutora Zilda. Como muitas pessoas que estavam na palestra já tinham saído, já estavam lá fora, elas me perguntavam da doutora Zilda e eu não sabia onde ela estava”. 

 

Soldado: “O desespero é grande do pessoal. Muito, muito grande...”

 

 

JORNAL MERCOSUL (PR) • REPORTAGEM • 18/1/2010 • 12:00:00 • REDE MERCOSUL

 

 

As homenagens emocionaram familiares, amigos e muitos admiradores que acompanharam o velório e o cortejo pelas ruas de Curitiba. Diversas autoridades estiveram presentes, como a representante da Unicef no Brasil, Marie Pierre Portier, ressaltou o trabalho da fundadora da Pastoral da Criança.

 

Repórter: Lígia Gabrielli

 

Entrevistados:

-Marie Pierre Portier, representante da Unicef / Brasil;

-Ieda Crusius, governadora RS;

-Luiz Henrique, governador SC;

-Flávio Arns, senador;