mãe com bebê recém nascido no pós parto

O corpo ainda está se ajustando e voltando ao normal após o parto e esses movimentos podem causar dor. Este período dura em torno de 6 a 8 semanas e só termina com o retorno das menstruações.

Alguns cuidados para este período:

  • Consulta de puerpério - deve ser realizada entre o 7º e o 10º dia após o parto, juntamente com a primeira consulta da criança pela Unidade de Saúde da Família.

  • O banho diário pode ser feito já no primeiro dia, inclusive lavando os cabelos.

  • Não são necessários cuidados especiais para as mamas das mulheres que amamentam. O banho diário é suficiente.

  • Se houver sangramento pós-parto, usar absorventes higiênicos.

  • A pressão arterial também pode aumentar no pós‐parto e, por isso, é importante verificar a temperatura, a pressão e a frequência respiratória da mulher.

  • Se foi cesárea, os cuidados com a cicatriz serão orientados conforme o tipo de curativo indicado. Também é possível aplicar frio local nos casos de dor e edema.

  • Ter uma boa alimentação, equilibrada. E não esquecer dos períodos de descanso.

  • O período pós-parto é novo para a mulher. A felicidade da chegada do bebê é grande, mas também existem preocupações. A família deve prestar atenção nos sinais de apatia, tristeza, irritabilidade, choro da mulher. Sempre conversar com ela, lembrando-a o quanto é importante e bonita, pois ela também merece atenção, não apenas o bebê.

  • Nos primeiros dias depois do nascimento, talvez a mulher não consiga fazer nada além de comer, dormir e amamentar. Para as mulheres que vivem sozinhas, é preciso contar com a ajuda dos profissionais da unidade de saúde, para esclarecer as dúvidas.

Saiba mais: Importância dos primeiros mil dias

selo guia do lider1

O pós-parto

A mãe já pode tomar banho e lavar os cabelos no mesmo dia do parto.

Após o nascimento do bebê, a mulher apresenta um corrimento vaginal parecido com a menstruação, que vai diminuindo lentamente. É importante manter a higiene. Se esse corrimento aumentar, tiver mau cheiro, coágulos ou secreção com pus, é preciso procurar o médico, pois pode ser sinal de infecção.

No puerpério o intestino costuma ficar mais lento e acumular gases. A mãe deve se movimentar, cuidar da alimentação e tomar bastante líquido. A mãe não deve sair do hospital se tiver problemas para urinar ou evacuar.

Na hora da alta do hospital, deve marcar o retorno para a revisão. É importante que a mãe compareça a essa consulta, pois nela o médico verifica se está tudo certo com a saúde dela.

A mãe deve tomar suplemento de ferro até três meses após o parto. Se o médico não receitar, solicite a ele o suplemento.

Estas orientações foram retiradas do Guia do Líder (.PDF)