pascoa sinal de esperanca

Foto: Jean-Paul Brouard

Todos os anos nos preparamos para festejar a Páscoa. Cada um com motivações diferentes. Para uns, a Páscoa é um feriado prolongado; para outros, uma data para ganhar chocolates; e para outros ainda, uma festa “da Igreja”. Qual é a noção e o significado da Páscoa que temos e que estamos transmitindo às nossas crianças? Quem comenta ou se lembra, do que realmente significa celebrar a Páscoa?

Fazer memória à Ressurreição de Cristo; passagem da morte para a vida são assuntos pouco abordados nos meios sociais. Para entendermos concretamente o que significa celebrar a Páscoa hoje, basta olharmos ao nosso redor. Que situações precisam ser vencidas para que passemos da morte para a vida? A violência, a insegurança, o desemprego, a falta de fé, de esperança; o tráfico humano; a exploração em suas variadas formas. Todos os dias nos deparamos com diversas situações de morte que precisam dessa “passagem” para uma vida nova. Como podemos, em nossas comunidades, ajudar a transformar essas situações?

Como a Pastoral da Criança Faz: Pastoral da Criança, uma presença que pode mudar a realidade

Viva a VidaPrograma de rádio Viva a Vida
1176 - 14/04/2014 - Páscoa


Esta entrevista é parte do Programa de Rádio Viva a Vida da Pastoral da Criança.
Ouça o programa de 15 minutos na íntegra

Sul

Norte

A vitória da vida!

Recentemente, ficamos chocados com um estudo apresentado  de que entre as 10 cidades mais violentas do mundo, três são brasileiras. A desvalorização da vida cresce de modo assustador, especialmente nas grandes cidades. As crianças já não brincam nas ruas por medo da violência e muitas pessoas deixam de conviver em comunidade por medo, pela falta de segurança e pelo individualismo que norteia hoje as relações humanas. E, para completar, vemos a cada ano mais, a festa da Páscoa se transformar em mais um trunfo do comércio, ávido de lucros. O quadro parece desanimador e sem saída. Contudo, para aqueles que creem na Ressurreição do Senhor, a fé é o “algo mais” que transforma cada problema em desafio; cada sinal de morte em impulso na luta pela vida.

Por isso, os líderes da Pastoral da Criança celebram a Páscoa de modo muito especial. Aqui, a morte não tem a última palavra, mas a vida e vida em abundância. Colabore! Venha participar você também. Venha anunciar conosco que “a vida venceu a morte”. Cristo ressuscitou. Aleluia. Feliz Páscoa!

Atividades para o líder: Atividade cordeiro de Páscoa

“A páscoa vem nos dizer que a vida é bonita quando ela é solidária.”

Estamos vivendo a semana da Páscoa. É a maior festa do cristianismo e naturalmente de todos os cristãos, pois nela se comemora a passagem de Cristo deste mundo para o Pai, da morte para a vida, das trevas para luz. A palavra Páscoa vem do hebraico e significa “passagem da escravidão para liberdade”. Para entendermos um pouco mais sobre a festa da Páscoa, nossa entrevista é com o Pe. Angelo Carlesso, que há muito tempo participa do Programa Viva a Vida.

Há muita coisa que precisamos mudar para alcançar uma vida mais feliz, para isso precisamos vencer muitos obstáculos. Na sua opinião, quais são estes obstáculos?Carlesso

 Eu acredito que os grandes obstáculos que a vida moderna coloca para a pessoa humana nos dias de hoje é essa febre de consumo, esse desejo quase incontrolável de imaginar que o prazer, a satisfação, está no consumir, que é isso que provoca alegria. Outro obstáculo que é quase consequência disso é a indiferença. Me lembro quando o Papa Francisco visitou aquela ilha no sul da Itália chamada Lampedusa e o Papa disse que nós globalizamos a indiferença, parece que a dor de quem está ao nosso lado não nos toca. E a Páscoa vem nos dizer que a vida é bonita quando ela é solidária. Precisamos acreditar que é na partilha, na solidariedade, no amor que se doa aos outros, que a vida encontra seu verdadeiro sentido e o seu valor.

A ressurreição de Jesus trouxe atitude. Como sair hoje da passividade, da falta de iniciativa, da preguiça e do comodismo?

É essa consciência que temos que ter, de que não dá para ser discípulo de Jesus sem sentir-se enviado, de que é preciso romper a passividade e de que ser cristão é um envio, é uma missão. Não dá para ficarmos passivos, acomodados, afinal de contas, a alegria da ressurreição precisa ser partilhada e dividida com os outros. Para ser discípulos de Jesus tem que se desacomodar, tem que se desinstalar, precisa sair ao encontro do outro, precisa-se colocar em movimento e se sentir cheio do espírito que envia em missão.

Qual sua mensagem de Páscoa?

Que seja realmente uma santa, feliz e abençoada Páscoa e que todos nós, a partir dessa Páscoa, tenhamos vida nova, vida ressuscitada, sem egoísmo, na doação no trabalho voluntário, no amor solidário, na entrega da própria vida para que a vida ganhe sentido e valor.

Leia a entrevista na íntegra: 1176 - Entrevista com Padre Angelo Carlesso - Páscoa (.PDF)

Leia também:
A Pastoral da Criança se alegra por levar vida plena às crianças e gestantes
Família, lugar privilegiado para educar e amar
Pastoral da Criança, uma presença que pode mudar a realidade