1309 mutirao entrevista

Foto: Acervo da Pastoral da Criança

De tempos em tempos, o Ministério da Saúde lança uma nova versão da Caderneta da Gestante: instrumento de acompanhamento do pré-natal, dirigido às gestantes e aos profissionais de saúde. Receber esta Caderneta é um direito da mulher que está grávida, pois o material têm orientações importantes para a saúde dela e de seu bebê – cuidados que fazem parte do período dos primeiros mil dias de vida.

Para entender qual é a importância da Caderneta e que informações ela traz, confira a entrevista com a enfermeira da coordenação nacional da Pastoral da Criança, Regina Reinaldin.

O que é a Caderneta da Gestante?

É um documento que deve conter orientações para toda a gravidez: pré-natal, parto e pós-parto; também sobre a amamentação e consultas do pós-parto. Trata-se de um instrumento interativo, que contém espaço para a gestante fazer anotações e registrar impressões sobre o momento em que está vivendo. Além de ajudar a esclarecer as dúvidas mais frequentes.

Qual é a importância dessa Caderneta para os profissionais de saúde?

regina-reinaldin-enfermeira-da-pastoral-da-crianca

 Regina Reinaldin - Enfermeira da Pastoral da Criança

As informações inseridas na Caderneta podem facilitar o diálogo do profissional com a gestante e nas ações de educação em saúde, que ajudam a mãe a esclarecer as dúvidas, preparar-se para o parto e a amamentação, conhecer os seus direitos e sinais de alerta, entre outros. Cabe ao profissional de saúde anotar na Caderneta os dados do pré-natal realizado pela mulher, para que ela e outros profissionais possam consultar em caso de emergência.

A atual Caderneta da Gestante recebeu alguns acréscimos em seu conteúdo. Quais foram?

Informações sobre como se proteger do mosquito que transmite a dengue, a chikungunya e zika; prescrição do ácido fólico e do sulfato ferroso; vacina da DTPA para a gestante; os exames para o parceiro; orientações sobre analgesia no momento do parto, isso é, parto sem dor; acompanhamento especial para a gestante com HIV; e consultas odontológicas.

O que a Pastoral da Criança faz de específico para orientar as gestantes?

Uma das principais ações da Pastoral da Criança é orientar a gestante sobre a importância dos cuidados desde o início da gestação até o pós-parto. Para encontrar as gestantes na comunidade e acompanhá-las desde o início da gravidez, a Pastoral da Criança, a cada três meses, promove o “Mutirão em busca da gestante”. A gestante é cadastrada e acompanhada pelos líderes por meio de visitas domiciliares. Ela também recebe as cartelas Laços de Amor com orientações e apoio para uma gestação saudável e feliz.

Leia a entrevista na íntegra: 1309 - Entrevista com Regina Reinaldin - Mutirão em busca das gestantes (.PDF)

Esta entrevista é parte do Programa de Rádio Viva a Vida da Pastoral da Criança. Ouça o programa de 15 minutos na íntegra
Programa de Rádio 1309 - 31/10/2016 - Mutirão em Busca das Gestantes
{audio socialshare:no}1309 - Mutirão em busca das gestantes sul|/joomlatools-files/docman-files/1309mutiraoembuscadagestante_S.mp3; 1309 - Mutirão em busca das gestantes norte|/joomlatools-files/docman-files/1309mutiraoembuscadagestante_N.mp3{/audio}