1295 como evitar desperdicio alimentos entrevista2

Foto: onlyyouqj / Freepik

Ter uma família bem alimentada é a preocupação de muitas famílias. No Brasil, isso deveria ser possível para todos, pois o país é o quarto produtor mundial de alimentos. Mas, por que há tantas pessoas sem acesso à comida? Porque, infelizmente, ocorre um imenso desperdício.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (FAO 2013), a cada ano, no mundo, são jogadas fora 1,3 bilhão de toneladas de alimentos. Deste desperdício, 50% ocorre no manuseio e transporte, 30% na comercialização e no abastecimento, 10% no campo e outros 10% no varejo e consumidor final.

Para saber mais sobre como é possível evitar o desperdício de alimentos e ter uma alimentação saudável, confira a entrevista com a Paula Pizzatto, nutricionista da coordenação nacional da Pastoral da Criança.

Clóvis Boufleur - Gestor de Relações Institucionais da Pastoral da Criança

Paula Pizzatto - Nutricionista da Pastoral da Criança

Onde começa desperdício do alimento?

Os números sobre esse tema de desperdício de alimentos são enormes. Aqueles alimentos que estão um pouco batidos, que não estão perfeitos para o consumo, são descartados. E, também, existem as perdas do transporte e do armazenamento. Mas, não é só no ambiente industrial e nos mercados que ocorre o desperdício. Podemos começar verificando o que estamos fazendo dentro de nossas casas.

Como comprar só o alimento necessário, para que não falte e para que não sobre?

Para evitar essa situação do desperdício, é importante que a família planeje suas compras. E quando fazemos um cardápio, podemos calcular quanto de cada coisa podemos comprar, quais os ingredientes que precisaremos e, assim, conseguimos reduzir as perdas. Por isso, quando vamos ao mercado, é bom termos conosco uma lista de tudo que nós precisamos.

Como aproveitar integralmente os alimentos?

Para evitar o desperdício no preparo, nós podemos procurar utilizar o máximo de todos os alimentos. Algumas frutas e verduras, por exemplo, a gente pode lavar muito bem e utilizar com casca e tudo. Para sementes, talos e folhas, que normalmente jogamos fora, existem muitas receitinhas que a gente pode aprender como utilizar esses alimentos. Por exemplo, o chuchu, o pepino, a abobrinha e a cenoura podem ser preparados com a própria casca. Podemos fazer farofas, bolinhos, misturar no feijão ou no arroz e nas sopas as folhas e talos da couve-flor, da cenoura, do brócolis, da couve, da beterraba. A casca do abacaxi, por exemplo, dá um ótimo chá. O bolo de banana com casca é uma delícia e, além disso, é ainda mais rico em fibras, vitaminas e sais minerais.

Qual é o impacto de desperdício de alimentos para sustentabilidade do planeta?

O desperdício gera lixo. Muitos compostos dessa biodegradação, dessa decomposição do lixo, contaminam os lençóis freáticos, ou seja, eles poluem a água, o solo, o meio ambiente, matam animais e plantas que ali vivem. Por isso, evitar o desperdício de alimentos é promover uma alimentação saudável, é garantir uma boa saúde e o cumprimento do objetivo número dois de desenvolvimento sustentável, proposto dentro das novas metas da ONU. O objetivo diz: “Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição, e promover a agricultura sustentável”.

Leia também
Aproveitamento integral e reaproveitamento de alimentos para mais economia e saúde
Passo a passo para fazer uma horta em casa

Leia a entrevista na íntegra: 1295 - Entrevista com Paula Pizzatto - Como evitar o desperdício de alimentos (.PDF) 

 

Esta entrevista é parte do Programa de Rádio Viva a Vida da Pastoral da Criança.
Ouça o programa de 15 minutos na íntegra

Programa de Rádio 1295 - 25/07/2016 - Como evitar o desperdício de alimentos

Sul
 
Norte
 

 

Mais recentes - Criança