saude bucal gestante

Quando se fala sobre os cuidados essenciais durante a gestação, nem sempre as pessoas lembram da saúde bucal. Mas ela é tão importante quanto os exames mais conhecidos do pré-natal. Esse cuidado, inclusive, deve começar antes mesmo que a mulher engravide. Visitar o dentista e conferir se está tudo saudável na boca pode evitar incômodos futuros. Além disso, o nível de saúde bucal da gestante tem relação com a saúde bucal do futuro bebê.

A seguir, a entrevista com Dra. Thereza Kaiser Baptista, assistente técnica da coordenação nacional da Pastoral da Criança, esclarece o que é mito e o que é verdade neste tema.

Que problemas dentais podem ocorrer durante a gravidez?

Um grande número de mulheres têm gengivite, que é o sangramento da gengiva. Muitas podem dizer assim: “Ah, mas a minha gengiva já sangrava antes da gravidez”. Só que durante a gravidez, com o acúmulo de placa bacteriana que se deposita nos dentes e na gengiva, esse sangramento vai aumentar. Então, é necessário que a gestante tenha uma escovação de dente mais assídua, mais correta, faça o uso do fio dental, escove a sua língua e faça uso, também, de cremes dentais com flúor – que protegem os dentes da cárie.

Thereza Kaiser Batista - Assistente técnica da coordenação nacional da Pastoral da Criança.

Thereza Kaiser Batista - Assistente técnica da coordenação nacional da Pastoral da Criança.

Foto: Marcello Caldin

O que uma gestante pode esperar de uma consulta ao dentista durante seu período de gravidez?

Em primeiro lugar, ela tem que avisar ao dentista que ela está grávida, para que ele tome algumas cautelas quando for atendê-la. O que deve ser evitado no tratamento dentário no primeiro trimestre de gravidez são: radiografias, medicação contra dor e antibiótico, em especial, a tetraciclina.

Que cuidados a gestante deve ter durante esse período de gravidez?

É importante ter hábitos saudáveis de higiene bucal e uma boa alimentação durante a gravidez, pois o nível de saúde bucal da mãe tem relação com a saúde bucal do futuro bebê. Para isso, a adição de açúcar nos alimentos deve ser evitada, já que o açúcar natural dos alimentos é o suficiente. Estudos científicos mostram que crianças cujas mães apresentam alta concentração da bactéria causadora da cárie na saliva adquirem essa bactéria mais cedo e em maior número, aumentando os riscos de cárie nos dentes de leite.

A gestante pode fazer tratamento bucal. Isso é mito ou verdade?

É verdade. Porém, o ideal, desde que não exista alguma urgência, é que o tratamento bucal ocorra no segundo trimestre da gravidez. Nesta fase, a gestante encontra-se em um período de estabilidade gestacional.

Leia a entrevista completa: 1251 - Entrevista com Thereza Kaiser Batista - Saúde bucal da gestante (.PDF) 1204 - Entrevista com Dra. Maria Lucia Vetorazzi - Saúde bucal da gestante (.PDF)

Ouça o programa de 15 minutos na íntegra:
1251 - 21/09/2015 - Saúde bucal da gestante (SUL)
1251 - 21/09/2015 - Saúde bucal da gestante (NORTE)