1410 rua do brincar criancas

Foto: Eduardo dudu

Brincar é uma das atividades mais importantes para a criança. É um direito e garante que ela fique saudável, se desenvolva da maneira correta, aprenda a interagir e a ser independente. Por conta da violência e da tecnologia, muitos pais acabam limitando o espaço de brincadeiras para dentro de casa. Por isso, a Pastoral da Criança estimula a Rua do Brincar. Para falar mais sobre isso, chamamos a Irmã Veroni Medeiros, Assessora Técnica de Desenvolvimento Infantil da Coordenação Nacional da Pastoral da Criança. Confira:

Irmã Veroni, quais são as razões do brincar para criança?

A atividade lúdica ajuda a criança a manter sua saúde física, emocional e mental. Brincar é uma necessidade básica para a criança, como comer e respirar. Ela se movimenta, descobre seus limites, explora os espaços, manipula objetos e estabelece relações, a brincadeira também dá maior agilidade e equilíbrio para a criança.

veroni medeiros

Irmã Veroni Medeiros

Irmã Veroni, quanto é importante garantir para criança um espaço livre e seguro para ela brincar? Como deve ser esse espaço?

As brincadeiras devem ocorrer em espaços amplos e abertos que permitam que a criança faça determinados movimentos, como correr, subir, descer, saltar, pular, lançar objetos, mas infelizmente os espaços que são destinados para as crianças brincarem são salas de apartamentos e casas. Normalmente, as crianças ficam em frente à televisão ou ao computador.

É verdade, Irmã Veroni, que brincar não suporta imposições?

Sim, as imposições são contrárias ao desenvolvimento da criança, o brincar traz um sentimento de liberdade, de escolha, e isso traz alegria e prazer para criança.

Irmã Veroni, o que é a proposta da Pastoral da Criança chamada "Rua do Brincar"?

É encontrar na comunidade uma rua que de tempos em tempos é fechada por um período do dia e destinada exclusivamente para as crianças brincarem. Também podemos aproveitar praças, cantinhos entre as casas, terrenos baldios. Esses espaços devem estar limpos e as crianças devem ser sempre acompanhadas pelos adultos responsáveis.

Leia a entrevista na íntegra: 1410 - Rua do Brincar (.PDF)

Esta entrevista é parte do Programa de Rádio Viva a Vida da Pastoral da Criança.
Ouça o programa de 15 minutos na íntegra

1410 - Rua do Brincar - 08/10/2018