Pneumonia e diarreia são as que mais matam crianças de até 5 anos, revela um estudo da OMS. A maioria das mortes de crianças com até cinco anos de idade é causada por doenças infecciosas, mostra um relatório da Organização Mundial da Saúde e do Unicef. O estudo faz um retrato da mortalidade infantil em 193 países.

Leia mais...

 

O secretário-geral da ONU homenageou na tarde desta quinta-feira (27), no Forte do Leme, brasileiros mortos no terremoto de 7 graus de magnitude que atingiu o Haiti em janeiro deste ano. O Brasil perdeu 18 militares e 3 civis, entre eles a coordenadora da Pastoral da Criança, Zilda Arns, na tragédia. Em um discurso emocionado, em português, Ban Ki-moon agradeceu os sacrifícios feitos pela manutenção da ordem e pela reconstrução do país caribenho. O Brasil lidera a Minustah, a força de paz das Nações Unidas para o Haiti.

Leia mais...

 

O Pará está abaixo das médias regional e nacional de oferta de antibióticos do Sistema Único de Saúde (SUS) para crianças menores de 6 anos nos postos de saúde. Enquanto a média nacional é de 40% de postos que dão a primeira dose de remédios como amoxicilina ou eritromicina, e o percentual da região Norte é de 38%, apenas 28% dos postos de saúde pesquisados no Estado ofereciam a dose inicial.

Leia mais...

 

O auditório da sede da Fundação Roberto Marinho (FRM), no Rio, recebeu na manhã desta quinta-feira, 13 de maio, o nome da médica pediátrica e sanitarista Zilda Arns Neumann, falecida aos 75 anos, no dia 12 de janeiro deste ano, vítima do terremoto que assolou o Haiti, na América Central.

Leia mais...