Terceiro trimestre da gestação

Terceiro trimestre da gestação

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    A força do acompanhante, do pré-natal ao nascimento

    1283 marco legal outros assuntos

    Foto: Acervo da Pastoral da Criança 

    A lei nº 13.257, de março de 2016, conhecida como Marco Legal da Primeira Infância, trata dos direitos das crianças da gestação aos 6 anos de idade. O objetivo é garantir políticas públicas específicas e mais recursos financeiros para esse período de vida, que é central para o desenvolvimento humano.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Acompanhamento na gestação: o cuidado que faz a diferença!

    Temas lid gest300px

    Líderes em visita à gestante

    Já foi o tempo em que se dizia: "No tempo da minha avó não tinha nada disso e as crianças nasciam bem e com saúde". Essa realidade mudou, felizmente para melhor. Hoje, o acompanhamento gestacional é mais do que uma necessidade da gestante, é um direito do bebê que vai nascer. No passado, por questões culturais, por falta de acesso ao serviço de saúde ou mesmo por não achar necessário, muitas mulheres não faziam o pré-natal. Se por um lado, a mãe natureza agia naturalmente em muitos causos, fazendo com que tudo chegasse a um bom termo, por outro não são poucas as histórias de morte materna e neonatal, de tétano umbilical e até de paralisia cerebral em decorrência de problemas no parto.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Trying to get property of non-object in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Conheça as vacinas mais indicadas para as gestantes

    vacinas 2

    A prevenção é a melhor maneira de evitar algumas doenças que podem ocorrer durante a gravidez. Como algumas delas podem não apresentar nenhum sinal ou sintoma, é importante se prevenir.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão lembra dos riscos e importância de tratar a doença

    pressaoA estimativa de que 50% dos hipertensos desconhecem que têm a doença mostra a importância de divulgar entre a população o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, celebrado nesta terça-feira (26 de abril). A Sociedade Brasileira de Hipertensão estima ainda que apenas 25% das pessoas acometidas pela doença sigam o tratamento.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Em defesa de todas as crianças

    1283 marco legal cpf

    Foto: Acervo da Pastoral da Criança

    A notícia de que o município de Içara, em Santa Catarina, poderia ficar sem uma maternidade pública que atendesse as parturientes foi o que levou a comunidade e diversas entidades a se mobilizarem. Através de manifestações com faixas, caminhada e um abraço coletivo em torno do Hospital São Donato, eles defenderam que o local deveria continuar aberto e realizando os cerca de 100 partos por mês. Lá, nascem bebês não só de Içara, mas também de municípios da região e até de Criciúma, quando o principal hospital da região não comporta atender mais pessoas. Entre as entidades que abraçaram a causa, estava a Pastoral da Criança. “A mobilização fez a diferença. Na hora do abraço simbólico, veio a notícia que a maternidade não fecharia”, conta a coordenadora da Paróquia São Miguel, Anair Calegari.

  • Exames da gestante

    Exames no pré-natal: garantia de uma gestação mais saudável

    Quando uma mulher fica grávida são muitas as emoções e até mesmo situações que mudam em sua vida. Algumas sentem medo, outras ficam ansiosas, outras muito felizes. O certo é que um universo de dúvidas invade a vida de cada uma delas, principalmente se a mulher é, como se diz no meio popular, “mãe de primeira viagem”.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Marco Legal da Primeira Infância: uma lei para garantir mais atenção às crianças

    1283 marco legal entrevista

    Foto: Acervo da Pastoral da Criança

    A Pastoral da Criança, desde sua fundação, procura orientar e ajudar as famílias e as gestantes sobre os cuidados, a atenção e o zelo que todos devem ter com as crianças. Hoje, já se sabe que os primeiros anos de vida são muito importantes para a formação do ser humano, tanto fisicamente, quanto para o desenvolvimento emocional e social. 

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Mortalidade materna: um problema a ser enfrentado em todo o mundo

    Bas Silderhuis pregnant 1430466

    Foto: Bas Silderhuis

    Uma mulher que morre em decorrência da gestação é mais que apenas óbito comum. Significa que, em algum momento, essa gravidez não foi cuidada o quanto deveria. Até novembro de 2015, no Brasil, 1.178 mulheres passaram a figurar no índice de mortalidade materna – aquelas que acontecem da concepção até 42 dias após o parto, e que a morte tem alguma ligação com o fato de estarem grávidas. Sabe-se entretanto que este número pode ser maior: alguns casos não são notificados como relacionados à gravidez ou ao parto. Neste sábado, 28 de maio, Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna e Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher, essas mães são lembradas.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Museu da Vida promove palestra com Dr. Gilberto Kac sobre estudo internacional

    estudo

    O Museu da Vida, iniciativa da Pastoral da Criança, promoveu no dia 16 de novembro, a palestra “Novas curvas de ganho de peso gestacional: Estudo Intergrowth”, ministrada pelo pesquisador da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Dr. Gilberto Kac.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Mutirão em busca das gestantes

    MutiraoO desejo de ser mãe, de ter filhos e de cuidar deles chega a quase todas as mulheres, mas a decisão depende de cada uma delas. Toda mulher tem direito a uma gravidez saudável e a um parto seguro. Por isso, logo que a mulher descobre que está grávida, ela deve procurar imediatamente a unidade básica de saúde mais próxima de sua casa, para confirmar a gravidez e iniciar o seu acompanhamento pré-natal.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Para que serve o Cartão da Gestante?

    cartao da gestante

    O Cartão da Gestante foi criado no Brasil em 1988, com a função de registrar as principais informações da gestante. O Cartão também é importante para facilitar o atendimento no caso de alguma urgência ou parto antecipado, pois contém o registro do desenvolvimento da gestação durante os nove meses.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Trying to get property of non-object in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Parto humanizado reduz mortalidade materna

    parto-humanizado

    O risco de uma mulher morrer em consequência ou durante o parto cesariana é quase quatro vezes maior que no caso de parto normal. Campeão mundial em cesáreas - a técnica representa cerca de 70% dos partos ocorridos no país -, o Brasil poderia reduzir os altos índices de mortalidade materna apenas adotando medidas que dispensam ou requerem o mínimo de intervenção cirúrgica para se dar à luz. Nessa nova postura preventiva, as vantagens do parto humanizado ganham cada vez mais espaço entre profissionais e gestantes.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Trying to get property of non-object in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Pré-natal

    Gestante: o pré-natal é fundamental para garantir uma gestação saudável e um parto seguro!

    96,4% das gestantes acompanhadas pela Pastoral da Criança fazem o pré-natal!* Das 73.208 gestantes cadastradas e visitadas mensalmente pelos líderes da Pastoral da Criança, quase todas compreenderam que fazer o Pré-Natal completo, com todas as consultas e exames, além de garantir uma gestação mais tranquila, pode fazer a diferença, em muitos casos, para salvar a vida da mãe e do bebê.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Pré-natal: quanto antes começar, melhor!

    mao com teste de gravidez de farmaciaQuem já não ouviu alguém dizer: "Minha mãe e minha avó tiveram tantos filhos e nunca fizeram essas consultas"? Os tempos mudaram e uma nova mentalidade ganha sempre mais força: as gestantes não só têm o direito de fazer o pré-natal nas unidades de saúde, mas têm também o dever de fazê-lo, pelo bem da sua saúde e da saúde do bebê que espera.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Prematuros, bebês que precisam de mais cuidado e atenção

    gestante prematuroA agilidade dos meios de comunicação atuais sempre nos surpreendem com notícias de nascimento de prematuros. A sobrevivência tem sido cada vez maior entre bebês que nascem muito antes do tempo previsto. O que ocasiona tantos nascimentos prematuros e, consequentemente, de baixo peso? Bebês que nascem antes de completar 37 semanas de gestação podem ser considerados prematuros e as causas são diversas: infecção urinária, idade da gestante, fumo, estresse, cesariana pré-agendada, gestações gemelares... O fato é que as maternidades estão cada vez mais registrando o nascimento de bebês prematuros, o que se torna uma preocupação não só para neonatologistas e pediatras, mas para as famílias que não raramente tem que contar com mais de 40 dias de internação do bebê antes de que ele tenha condições de ser levado para casa.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Trying to get property of non-object in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Verdades e mentiras na gestação

    Gestante com duvidaDurante os nove meses de gestação, há várias questões que as futuras mães ouvem e não sabem se podem considerar verdadeiras ou não. Veja aqui algumas delas e saiba o que é mito e o que é verdade.