MeninoDiante de uma perda, cada criança pode apresentar reações diferentes. Por isso é preciso que os pais ou os adultos responsáveis fiquem atentos às atitudes das crianças. Quando a criança chora ou grita, por exemplo, os pais podem orientar dizendo: “eu sei que é muito, muito triste. É difícil entender tudo isso."

A criança também pode ter a reação de se esconder, ir para a cama e de fazer birra. Neste sentido, os pais devem ficar perto e dizer: “sei que é triste pensar nisso, mas é melhor compartilhar nossos sentimentos e conversar sobre as nossas preocupações em vez de ficarmos sozinhos".

Leia mais...

Jardim das irmãsA frustração pode aparecer como um sentimento de fracasso, mas também de aprendizado. Por isso, a criança precisa passar por situações de perda, como por exemplo: perder o jogo para um colega, dar oportunidade para outra brincadeira que não é a sua preferida, receber uma nota baixa na escola, não comprar o chocolate que tanto gosta etc. Perder é essencial para a sua formação e o desenvolvimento das habilidades emocionais e sociais.

Leia mais...

Pôr do SolÉ muito importante a família ouvir os sentimentos da criança e ficar atenta às atitudes em relação às perdas. É preciso escutar, falar frases curtas, com calma, e usar palavras de ânimo e aconchego. A criança precisa sentir que é amada e que na sua família tem um lugar especial para ela.

Atualmente, estamos vivendo uma mudança da rotina, isolamento social, pouco espaço para brincar ao ar livre, saudade dos colegas e dos professores. As crianças estão mais fragilizadas e precisam ser cuidadas e muito amadas.

Leia mais...

ide ao seu encontro

Neste domingo, o Evangelho nos indica a condição para entrar no Reino dos céus e o faz com a parábola das dez virgens. Trata-se de dez garotas encarregadas de acolher e acompanhar o noivo à cerimônia de um casamento. Mas este se atrasa e cinco delas pegam no sono. Ao anúncio improviso de que o noivo está chegando, todas se preparam para acolhê-lo. Mas enquanto cinco delas sábias têm óleo para alimentar as lamparinas, as outras cinco ficam com as lâmpadas apagadas, porque não têm óleo. Enquanto elas procuram por óleo, chega o noivo e elas se atrasam e encontram fechada a porta que dá para a festa. Batem, insistem, mas já é muito tarde. 

Leia mais...