Você sabia que no Brasil existem aproximadamente 2 milhões de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil? 
No dia 12 de Junho, temos o Dia Mundial e Nacional Contra o Trabalho Infantil, que existe para relembrar que o trabalho de crianças e adolescentes menores de 16 anos (salvo casos de menores aprendiz a partir dos 14 anos) é crime e vai totalmente contra os direitos humanos. Esse dado é endossado pelo artigo 227 da Constituição federal, que garante uma vida digna e humana à criança e ao adolescente. 
 
É importante, portanto, saber diferenciar o que é trabalho infantil e o que é formação de responsabilidade. Ajudar os pais em casa com tarefas domésticas de acordo com a idade, aprender a organizar as próprias coisas e brinquedos, ter cuidados e empatia com o ambiente familiar, não são configurados como trabalho infantil. São benéficos para a formação de caráter e responsabilidade e não são prejudicais a saúde, moral e segurança da criança ou adolescente. 
 
Os piores tipos são trabalhos em ruas, lougradouros, construções civis e domésticos. É essencial que a população exija e apoie projetos que buscam mais formas de previnir que jovens e crianças entrem em situações de vulnerabilidade social e, por consequência, em situação de trabalho infantil. Essas exigências devem ser feitas ao Governo e órgãos públicos por todos
 
Apoie essa causa através do site http://www.chegadetrabalhoinfantil.com.br. Lá, você encontra maneiras de denunciar, informações sobre o que é trabalho infantil e formas de ajudar a combater. 
 
Vamos combater esse mal e garantir direitos humanos e dignos para as nossas crianças! 


Cadastre seu e-mail para receber nossas novidades

E-mail:*