ternuraEm 8 de junho de 2018, começa a “Caminhada Pegadas de Ternura”, uma ação de mobilização social que convida famílias, escolas e igrejas para assumir o desafio de eliminar a violência contra as crianças que organizações parceiras do Programa centralidade para a Infância ( PCN) estão organizando.

A fronteira do México (Tijuana) com os EUA (San Diego) será o ponto de partida simbólico e a Caminhada terminará em junho de 2019, na Patagônia. A grande mobilização durante a passagem por diferentes países visa transformar as relações com as crianças: eliminar a violência e adotar a ternura e promovendo a campanha “Precisamos de todos: Zero violência, 100% ternura”.

O Programa de Centralidade para a Infância (PCN) é uma intercomunidade que integra, desde 2009, o Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM), World Vision América Latina, Pastoral da Criança Internacional, Caritas da América Latina e do Caribe e da Federação Internacional de Fe e Alegria. Unidos para trabalhar em favor das crianças do continente.

Nesta etapa continental de mais de 15 mil quilômetros, há também o apoio de importantes organizações como a Infância Missionária, os Sembradores de Paz e a Associação Latino-Americana de Ensino de Rádio (ALER).

Um mundo como um lugar global de nutrir com ternura

Vamos construir bairros e comunidades carinhosas; cidades e países cuidadores e, portanto, um lugar global para a criança viver com ternura. Sob esta premissa, todas as organizações baseadas na fé buscam fomentar o movimento continental de ternura.

A campanha visa primordialmente sensibilizar as famílias, escolas e igrejas em busca de recursos e ações para o cuidado das crianças com a igualdade de gênero, espaços seguros, estimulantes e ternos para o cuidado, educação e lazer para os meninos e meninas.

No ritmo da caminhada

A caminhada será uma festa Latinoamericana e Caribenha em que a alegria de anunciar a Boa Nova apresentará o modelo de Jesus em seu tratamento com as crianças, mas por sua vez, também estabelecerá linhas conjuntas de articulação para atividades pedagógicas, lúdicas e de mobilização para denunciar em uma só voz as situações de violência em que os direitos de nossas crianças e adolescentes são violados.

O símbolo da caminhada é a pipa, que vai voar por todos os países durante o tempo das atividades nacionais, simboliza a liberdade guiada, evoca desejo de felicidade, esperança, sonhos de um futuro melhor, desperta a criatividade e induz uma emoção positiva. Esta pipa será transferida de país para país pelo Embaixador da Ternura; uma pessoa reconhecida nacionalmente por seu trabalho em nome das crianças.

Do magistério do Papa Francisco

O mundo católico da América Latina e do Caribe, principalmente dos leigos, subscreve as palavras do Papa Francisco, que, em diferentes ocasiões, falou publicamente da ternura como caminho para a solidariedade, a humildade e a força, porque, ao contrário do que o que estereotipicamente se pensa, o papa disse que "ternura é o caminho de homens e mulheres valentes". "A ternura significa usar as mãos e o coração para acariciar o outro, para cuidar dele", disse o papa.

Também para o Papa, "a ternura é a linguagem dos pequenos, daqueles que precisam do outro". Por isso, convidamos a juntar-se a este grande gesto continental onde todos somos chamados a eliminar a violência contra as crianças.

Para mais informações e para conhecer a data exata em que a Caminhada vai passar por seu país, você pode entrar em contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Cadastre seu e-mail para receber nossas novidades

E-mail:*