Captura de Tela 2018 03 16 as 15.03.01Os dados são preocupantes: a venda de alimentos ultraprocessados vêm crescendo cada vez mais no Brasil e consequentemente, o percentual de pessoal acima do peso também aumenta.

Segundo dados do Ministério da Saúde de 2016, a obesidade já atinge mais da metade população brasileira (53,8%), o que também aumenta o número de casos de diabetes e hipertensão, doenças consideradas fatores de risco para o enfarte e derrame cerebral. E, infelizmente, as crianças são as mais afetadas – o excesso de peso afeta 59,2% das crianças com menos de 8 anos de idade.

Desse modo, a Pastoral da Criança apoia o conteúdo da Carta Aberta à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), da Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável, assinada por 26 especialistas internacionais, que tem como objetivo o aprimoramento de um modelo rotulagem nutricional, com destaque aos alertais frontais, que garanta à população informações mais claras sobre os alimentos ultraprocessados, como forma de conscientização para fazer escolhas alimentares mais conscientes.

Reduzindo assim, o consumo de alimentos não saudáveis que prejudicam a saúde das famílias e crianças brasileiras e aumentam a taxa de obesidade.

Leia a CARTA ABERTA À ANVISA.

Confira a Carta Aberta à Anvisa com as referências técnicas.



Cadastre seu e-mail para receber nossas novidades

E-mail:*