1000 diasVocê sabe como os primeiros 1000 dias de vida podem afetar sua saúde para sempre? Responder a esta pergunta é a finalidade da nova exposição permanente “1000 DIAS”, no Museu da Vida, que foi inaugurada no dia 5 de setembro, com a presença de crianças e voluntários das comunidades acompanhadas pela Pastoral da Criança, estudantes de enfermagem e convidados.

O novo espaço interativo proporciona ao visitante a experiência de vestir uma barriga de grávida, “passar por dentro de um útero”, colocar um bebê para dormir em seu berço, brincar com fotos em perspectiva e aprender sobre alimentação saudável com o jogo “Refeição em Família”, entre outras surpresas.

Em toda a exposição, revista e aprovada pela Sociedade Brasileira de Pediatria, os cuidados essenciais desde a gestação até o segundo ano de vida, para que as crianças possam conquistar um desenvolvimento pleno, são os fios condutores. “A exposição sobre os primeiros 1000 DIAS de vida apresenta informações fundamentais sobre os cuidados nos primeiros mil dias de vida. Além da melhor saúde na infância, estes cuidados contribuem, e muito, para a diminuição da incidência de doenças crônicas de adultos como a hipertensão, diabetes, osteoporose, pressão e colesterol altos, entre outros. A exposição certamente encantará os visitantes, pois este profundo conhecimento científico foi colocado de forma muito

divertida. Investindo na disseminação da importância da primeira infância, estaremos contribuindo para o presente e o futuro e uma vida plena para todas as crianças”, explica Nelson Arns Neumann, Coordenador da Pastoral da Criança Internacional, médico, doutor em Epidemiologia e um dos curadores desta mostra, que será atração permanente do Museu.

O mistério da vida pode despertar muita curiosidade e perguntas que nem sempre sabemos responder, especialmente para as crianças. Mas o Museu da Vida aceitou este desafio, de apresentar um conteúdo complexo de maneira simples e divertida, valorizando muito a experiência da visitação. Tudo que foi preparado só faz sentido a partir da interação com os visitantes”, conta a museóloga Ariane Azambuja, responsável por esta e outras exposições.

1000 dias

Gestação + 1º ano + 2º ano = 1000 dias

Pesquisas comprovam que os cuidados nos primeiros 1000 dias de vida previnem não só a mortalidade infantil, mas também várias doenças crônicas da vida adulta. É essencial que o bem-estar da criança seja pensado desde o início da ge

stação, preferencialmente planejada, esperada com muito amor e informação. Estudos comprovam que o cuidado que mães e pais dedicam neste período (270 dias da gestação + 365 do primeiro ano + 365 do segundo ano) são primordiais para uma vida saudável. E isso começa no compromisso com um pré-natal bem feito, com alimentação e hábitos saudáveis, como a prática de exercícios e o não consumo de álcool e cigarro, por exemplo. Até mesmo a escolha por um parto sem intervenções desnecessárias pode influenciar na vida que vem por aí.

No site da Pastoral da Criança, é possível acessar mais informações sobre a teoria dos 1000 dias, que teve início com os estudos do Dr. David Barker, médico e pesquisador inglês: https://www.pastoraldacrianca.org.br/1000-dias/campanha.


Sobre o Museu da Vida

O Museu da Vida abriu suas portas em dezembro de 2014 e se tornou uma nova opção de lazer e conhecimento em Curitiba. Com seis 

exposições internas e duas áreas de lazer ao ar livre, o Museu é uma iniciativa da Pastoral da Criança, criado para ser um espaço cultural, interativo, de encontros e de produção de saberes. Com ambientes de aprendizagem e acervo relacionados à promoção da saúde, à nutrição, à educação e à cidadania, ele retrata a história dos mais de 30 anos da Pastoral da Criança e de sua fundadora, Dra. Zilda Arns Neumann.

Preparado para receber de crianças a idosos, o Museu da Vida promove atividades específicas para grupos agendados previamente. Todo último domingo do mês, das 14h às 17h, acontece o evento “Vamos Brincar no Museu da Vida?”, em que pais e filhos participam de brincadeiras desenvolvidas para que toda a família possa se divertir junta. Diariamente há mediadores disponíveis para atender ao público.

Serviço:

Local: Museu da Vida – Rua Jacarezinho, 1691, Mercês, Curitiba (PR)

Entrada e estacionamento gratuitos.

O Museu da Vida fica aberto à visitação todos os dias, das 8h às 19h, incluindo finais de semana e feriados (exceto entre Natal e Ano Novo).