1320 desmame cpf

Foto: Acervo da Pastoral da Criança

O aleitamento materno é uma fase marcante para a mãe e para a criança e por isso, o desmame pode ser tão complicado quanto o início da amamentação. As mães devem dar preferência pelo desmame natural e estarem atentas aos sinais que a criança dá, de que a hora chegou.

Maria Aleluia da Conceição Jacob, coordenadora na Diocese de Cuiabá (MT), conta que em seus 19 anos na Pastoral da Criança, já viu muitas técnicas que as mães usam para fazer com que os filhos desmamem: “Existem muitas superstições e técnicas que foram sendo passadas de geração para geração. Minha mãe, por exemplo, dizia que tinha de fazer um colar de mamona e usar no pescoço para o leite secar, então quando a criança fosse mamar, já não teria leite e ela deixaria. Mas, o mais comum, o que a gente sempre vê, são as mães passando coisas no bico do peito, como babosa e pomadas”.

Dra. Zilda

“Deve-se valorizar o leite do peito, que protege a criança, alimenta-a e lhe dá a grande experiência do verdadeiro amor, alicerce da segurança afetiva e do desenvolvimento”.

Papa Francisco

"Cada pessoa humana deve a vida a uma mãe e quase sempre deve a ela muito da própria existência sucessiva, da formação humana e espiritual."

“Esses dias mesmo, uma mãe veio me contar que estava desmamando o bebê. Nesse mesmo momento, eu perguntei como que ela estava fazendo e ela me disse que tinha passado várias coisas no bico do peito, mas ficava com dó, que acabava lavando. Eu expliquei para ela que esse processo não estava certo e que podia, até mesmo, deixar a criança traumatizada, porque ela iria colocar a boca no meio e estaria amargo, e que ela tinha feito muito bem em lavar”, contou a coordenadora.

“Eu sempre gosto de lembrar as mães que desmamar os bebês é um processo lento e que deve ser feito com muita paciência. Por exemplo, se a criança mama três vezes por dia, você vai tirando aos poucos, deixa que ela mame duas e na hora que ela vier para a terceira, distraia a criança com outra coisa. Você pode dar uma frutinha, chamar para brincar, fazer qualquer outra coisa. Logo ela vai se virar para esse novo objetivo e esquece que queria mamar”, sugere Maria.

Leia também:

A coordenadora lembra de casos em que a criança já tinha dado os sinais de que estava pronta para o desmame, mas ainda assim, o processo se tornava difícil para a mãe: “Também, tem aquelas mães que não querem parar, por considerar um vínculo tão forte, que chegam a ter medo de não ter outro momento só com o filho. Mas, na realidade, esse vínculo só se fortalece. Por isso, é tão importante que a gente explique que esse processo é natural, da mesma forma que a mãe começa a dar de mamar, uma hora ela vai parar e está tudo bem”.

E SDG Icons NoText 033º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável

“Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades”.

O leite materno fornece todos os nutrientes necessários para o bebê se desenvolver até o sexto mês, e contribui para a erradicação da fome e a segurança alimentar, uma vez que é produzido pelo organismo da mãe. A criança que mama até os dois anos de idade, será mais saudável e imune a diversas doenças. Fator que contribui para o 3º Objetivo do Desenvolvimento Sustentável, proposto pela ONU.



Cadastre seu e-mail para receber nossas novidades

E-mail:*