Pré-natal

Pré-natal

  • <br />
<b>Notice</b>:  Trying to get property of non-object in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    5 dicas para prevenção da mortalidade materna

    Maeefilhoamarelo

    Foto:Andrii Oleksiienko_Photoxpress

    1Realizar o pré-natal, isto é, ir a todas as consultas e realizar todos os exames necessários. Muitas vezes a realização de exames simples podem prevenir complicações e a morte da grávida e/ou do bebê. Por vezes, as mulheres correm riscos porque não sabem que têm pressão alta ou diabetes.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    A amamentação ajuda a prevenir o câncer de mama!

    Mais um ponto positivo para o aleitamento materno. Diversos estudos científicos comprovam que não são apenas os bebês que se beneficiam da amamentação, mas as mães também. Por isso, é fundamental orientar as gestantes e mães de bebês recém-nascidos que o aleitamento materno é  fonte de saúde para elas também e auxilia na prevenção do câncer de mama.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    A força do acompanhante, do pré-natal ao nascimento

    1283 marco legal outros assuntos

    Foto: Acervo da Pastoral da Criança 

    A lei nº 13.257, de março de 2016, conhecida como Marco Legal da Primeira Infância, trata dos direitos das crianças da gestação aos 6 anos de idade. O objetivo é garantir políticas públicas específicas e mais recursos financeiros para esse período de vida, que é central para o desenvolvimento humano.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Acompanhamento na gestação: o cuidado que faz a diferença!

    Temas lid gest300px

    Líderes em visita à gestante

    Já foi o tempo em que se dizia: "No tempo da minha avó não tinha nada disso e as crianças nasciam bem e com saúde". Essa realidade mudou, felizmente para melhor. Hoje, o acompanhamento gestacional é mais do que uma necessidade da gestante, é um direito do bebê que vai nascer. No passado, por questões culturais, por falta de acesso ao serviço de saúde ou mesmo por não achar necessário, muitas mulheres não faziam o pré-natal. Se por um lado, a mãe natureza agia naturalmente em muitos causos, fazendo com que tudo chegasse a um bom termo, por outro não são poucas as histórias de morte materna e neonatal, de tétano umbilical e até de paralisia cerebral em decorrência de problemas no parto.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Anemia na gestante

    anemia - gestante tomando suco

    Foto: Acervo da Pastoral da Criança

     É comum ouvirmos falar a palavra “anemia” por muitas mães e gestantes, como se fosse algo normal de ocorrer. Na verdade, é preciso tomar consciência de que é necessário diagnóstico correto e tratamento médico para combater a anemia, pois ela pode trazer diversas consequências para o desenvolvimento do bebê no útero materno e para o crescimento infantil.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Trying to get property of non-object in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    As orientações do pré-natal ajudam a garantir mais saúde para a gestante e o bebê

    altura uterina

    Foto: Marcelo Caldin

    Quando uma mulher descobre que está grávida, junto com os primeiros sintomas, o que surge são dúvidas e mais dúvidas. Essas dúvidas trazem ansiedade, que se não resolvidas, podem até mesmo comprometer a saúde de mãe e do filho.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Cesárea: necessidade ou escolha?

    1276 entrevista

    Foto: April e. finch

    Hoje em dia, mais da metade dos bebês brasileiros nascem por meio da cirurgia cesárea. Na rede particular, esse índice chega a 84,6%. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a taxa recomendada seria entre 10% e 15% dos partos.

    A Lei nº 13.257 (Marco Legal da Primeira Infância), aprovada no dia 8 de março de 2016, ressaltou em seu Art 8º: “A gestante tem direito a acompanhamento saudável durante toda a gestação e a parto natural cuidadoso, estabelecendo-se a aplicação de cesariana e outras intervenções cirúrgicas por motivos médicos”. A partir deste Marco, há a expectativa de que essa realidade comece a mudar.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Trying to get property of non-object in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Conheça as vacinas mais indicadas para as gestantes

    vacinas 2

    A prevenção é a melhor maneira de evitar algumas doenças que podem ocorrer durante a gravidez. Como algumas delas podem não apresentar nenhum sinal ou sintoma, é importante se prevenir.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Consequências da cesárea: como enfrentar

    1276 cpf 1

    A líder Sandralina (de branco), com Thamiles Bezerra e o pequeno Enzo Gabriel

    Quando se fala no alto números de cesarianas, a preocupação acontece não somente com a possibilidade do bebê nascer antes do tempo correto e o que isso acarreta em sua vida, mas também com os riscos que a mãe enfrenta ao passar pela cirurgia. Hemorragia, morte em decorrência da anestesia e infecção são alguns dos problemas que as mulheres são expostas quando recorrem a uma cesariana.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Trying to get property of non-object in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Cuidado! A automedicação pode trazer consequências graves

    automedicacaoJá diz o ditado popular: "De médico e louco, todo mundo tem um pouco". Mas, por acreditar nisso, muito gente já sofreu consequências graves, principalmente por causa da automedicação. A história de muitas comunidades relatam a época em que o acesso ao serviço de saúde era muito difícil, principalmente em áreas ribeirinhas e rurais. Por isso, a busca de alternativas para a cura de muitas doenças englobavam soluções caseiras e a prática da automedicação. Receitas que atravessavam gerações. Hoje, está se fortalecendo cada vez mais na população a consciência de que remédios, só com receita médica. A orientação do serviço de saúde na prevenção e cura de doenças é fundamental para se obter um resultado seguro e benéfico para todos.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Depressão na gestação

    Valeer Vandenbosch artg

    A gestação é um momento lindo, com muitas mudanças tanto no aspecto físico como no emocional. A mulher e a família têm que estar preparadas pra estas alterações.

    Como o corpo está mudando rápido, neste momento pode acontecer da gestante resgatar alguns problemas que estavam esquecidos. Ao retomar esses problemas, outras questões vêm à tona, fazendo com que a depressão se instale. Com isso, a mulher apresenta problemas para dormir, não se alimenta bem e deixa de fazer coisas que lhe davam prazer, como passear e visitar amigos.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Trying to get property of non-object in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Desidratação

    Com cuidados simples, é possível prevenir a desidratação

    Sabemos que o nosso corpo é constituído de 70 a 80% de água e quando esse índice começa a baixar, ficamos doentes. A desidratação pode ser prevenida com cuidados simples: melhor hidratação, especialmente no verão; higiene no preparo dos alimentos, o que diminui a contaminação alimentar que pode provocar vômitos e diarreia; e o controle de doenças que aumentam a frequência com que a pessoa urina, como o diabetes.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão lembra dos riscos e importância de tratar a doença

    pressaoA estimativa de que 50% dos hipertensos desconhecem que têm a doença mostra a importância de divulgar entre a população o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, celebrado nesta terça-feira (26 de abril). A Sociedade Brasileira de Hipertensão estima ainda que apenas 25% das pessoas acometidas pela doença sigam o tratamento.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Trying to get property of non-object in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna: momento de reflexão e luta

     

    O Dia 28 de maio é um dia especialmente importante para as mulheres. A data marca o Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher e o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Direitos da gestante no pré-natal

    carteira da gestanteToda gestante tem Direito ao Pré-Natal. A gestante deve procurar a unidade de saúde mais próxima de sua casa para confirmar a gravidez e iniciar o seu acompanhamento de saúde. O Pré-Natal pode lhe assegurar uma gestação saudável e um parto seguro.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Em defesa de todas as crianças

    1283 marco legal cpf

    Foto: Acervo da Pastoral da Criança

    A notícia de que o município de Içara, em Santa Catarina, poderia ficar sem uma maternidade pública que atendesse as parturientes foi o que levou a comunidade e diversas entidades a se mobilizarem. Através de manifestações com faixas, caminhada e um abraço coletivo em torno do Hospital São Donato, eles defenderam que o local deveria continuar aberto e realizando os cerca de 100 partos por mês. Lá, nascem bebês não só de Içara, mas também de municípios da região e até de Criciúma, quando o principal hospital da região não comporta atender mais pessoas. Entre as entidades que abraçaram a causa, estava a Pastoral da Criança. “A mobilização fez a diferença. Na hora do abraço simbólico, veio a notícia que a maternidade não fecharia”, conta a coordenadora da Paróquia São Miguel, Anair Calegari.

  • Exames da gestante

    Exames no pré-natal: garantia de uma gestação mais saudável

    Quando uma mulher fica grávida são muitas as emoções e até mesmo situações que mudam em sua vida. Algumas sentem medo, outras ficam ansiosas, outras muito felizes. O certo é que um universo de dúvidas invade a vida de cada uma delas, principalmente se a mulher é, como se diz no meio popular, “mãe de primeira viagem”.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Trying to get property of non-object in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Gestação de alto risco, momento de atenção e cuidado

    gestante de alto risco Guilhermo ossa

    Uma gestação de alto risco traz sempre ansiedade e preocupação para a mulher. Às vezes, ela é decorrência de alguma doença prévia, já antes de engravidar, ou ela aparece por problemas ocasionados durante a gravidez.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Trying to get property of non-object in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Gestante: previna a pressão alta

    ilustracao sal 01A gestação é um período maravilhoso na vida de uma mulher, mas também é um período que requer cuidados, especialmente no que diz respeito à pressão arterial. As gestantes têm que ficar muito atentas na prevenção da hipertensão e também devem estar alertas com relação aos sinais que indicam um aumento da pressão arterial. Mulheres que já eram hipertensas antes de engravidar precisam tomar cuidados redobrados, pois a pressão alta pode colocar em risco tanto a vida da mãe, quanto do bebê.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Trying to get property of non-object in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Gestante: ser bem atendida no SUS é um direito, não um favor

    gestantenosusQuando se trata de políticas públicas, ou de reivindicação de direitos, muitas pessoas pensam que é muito difícil ter acesso a esses benefícios e quando os recebem, acabam concluindo que tiveram muita sorte em conseguir ou até que receberam um favor. Não é assim. Todo cidadão, toda gestante tem por direito, assegurado na Constituição, receber atenção e cuidados de saúde quando necessário. Para que todos os brasileiros tenham esse direito assegurado é que os impostos são recolhidos e as verbas, destinadas à saúde, aplicadas. São muitos os direitos assegurados à gestante no Sistema Único de Saúde: consultas e exames durante o pré-natal; tratamento adequado e em tempo e, quando necessário, acompanhante nas consultas e parto; vacinas e medicamentos; orientação sobre sinais de risco e aleitamento materno; cartão da gestante, etc. Será que esses direitos estão sendo respeitados? E quando não são, o que fazer? Se em nível local, a gestante não conseguir o atendimento necessário e de boa qualidade, ela pode procurar os órgãos competentes, como a Secretaria de Saúde municipal ou até estadual. Pode também ligar para o Disque Saúde: 136. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer lugar do Brasil.

Página 1 de 3