Criança

Criança

  • Vacinação - As mães da Pastoral da Criança estão protegidas contra a desinformação

    polio 02

    Quando foi que o seu filho tomou a última vacina? Qual é a data da próxima vacina? Você sabe onde está o Cartão de vacinas do seu filho? O Cartão está atualizado?

    Com a onda de desinformação que está acontecendo, a Pastoral da Criança reafirma a importância de todas as crianças serem vacinadas para ficarem protegidas contra algumas doenças. Vacinando seu filho, você estará não só protegendo-o, mas também contribuindo para diminuir a mortalidade infantil e na erradicação de algumas doenças em nosso país.

  • Vacinação - Como a Pastoral da Criança Faz

    Papa Francisco - Um futuro solidário 

    “O futuro exige de nós uma visão humanista da economia e uma política que realize cada vez mais e melhor a participação das pessoas, evitando elitismos e erradicando a pobreza. Que ninguém fique privado do necessário, e que a todos sejam asseguradas dignidade, fraternidade e solidariedade... Além da racionalidade científica e técnica, na atual situação, impõe-se o vínculo moral com uma responsabilidade social e profundamente solidária”.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Vacinação - Confira as vacinas de acordo com a idade do seu filho

     

    Cuide do seu filho, levando-o regularmente a Unidade de Saúde mais próximo para colocar em dia a vacinação. Confira as vacinas de acordo com a idade dele:

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Vacinação - O Calendário de Vacinação Infantil

    O Calendário de Vacinação Infantil

    Para que o bebê não perca nenhuma vacina é importante estar atento ao calendário de vacinação recomendado pela Secretaria de Saúde e sempre checar a carteirinha de vacinação.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Vacinação - Perguntas Frequentes

    1)Quais são as vacinas que todas as crianças precisam tomar?

    BCG-ID, Hepatite B, Pentavalente, vacina Poliomielite (injetável, oral), Pneumocócica 10, Meningocócica c, Febre Amarela, Triplece viral, Triplice Bacteriana, Influenza

    2)Quais são as reações mais comuns das vacinas? Quando ir ao médico?

    As mais comuns são as reações locais como inchaço, dor no local da aplicação, vermelidão, endurecimento no local e febre. As reações normalmente ocorrem no local da aplicação, o que é muito fácil perceber. E a febre, quando aparece, é baixa e dura menos de 48 horas.

    Porém, febre alta – acima de 39º C -, urticária ou choque anafilático não são sintomas normais. Se a febre, acima de 39° C, se prolongar por mais de dois dias após a vacinação, aí sim, é muito provável que o corpo esteja sinalizando um outro problema, então procure imediatamente um médico

    3)A criança resfriada/ gripada pode tomar a vacina prevista para aquela data?

    Depende. A Criança não deve tomar as vacinas se estiver, no momento, com alguma doença que apresente febre alta.

    4)Quando o dia marcado para tomar a vacina cair em um final de semana, qual é o melhor procedimento?

    Antecipe a vacina. Não há problema em tomar as doses dois ou três dias antes ou depois do prazo.

    5) O que deve ser feito quando se perde o prazo de uma vacina?

    Deve-se procurar a unidade de saúde e tomar a dose perdida. Nesse caso, não há necessidade de reiniciar o calendário.

    6) É necessário repetir as vacinas caso a caderneta seja perdida?

    Não. Em caso de perda da caderneta, não há necessidade de tomar vacinas já aplicadas. O importante é ir ao estabelecimento, onde o criança tomou as vacinas, e solicitar uma nova caderneta. Todos os lugares que aplicam vacinas são obrigados, pelo Ministério da Saúde, a manter registros de todas as aplicações e fornecer o documento, caso seja solicitado.

    7) Pode tomar várias vacinas no mesmo dia?

    Sim, desde que as vacinas sejam aplicadas em lugares diferentes do corpo.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Vacinação infantil: proteção, cuidado e prevenção

    importancia da imunizacao2

    Foto: Eli Pio

    A saúde é o bem mais precioso que temos. E nossa saúde depende de vários cuidados. Entre eles, um dos mais importantes é a vacinação na infância. Todas as crianças necessitam de vacinas para ficarem protegidas de algumas doenças. A família tem o direito de ter, perto do lugar onde mora, um serviço de saúde para vacinar, acompanhar o desenvolvimento das crianças e atendê-las se ficarem doentes.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Vacinação: proteção de direito!

    1288 vacinas outros assuntos 1

    Foto: Eli Pio

    Conforme está descrito na Constituição Federal de 1988, em seu artigo 196, a saúde é um direito da população: “A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para a promoção, proteção e recuperação”. E a vacinação faz parte do conjunto de ações e serviços necessários para a promoção e a proteção da saúde, em todas as idades.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Vídeo para crianças mostra a diferença entre carinho e abuso

    webcardA Rede Marista de Solidariedade, por meio da campanha Defenda-se, produziu uma série de materiais para que crianças com idade entre 4 e 12 anos possam identificar situações de violência sexual. Entre esses materiais, está um vídeo que tenta, de forma lúdica, mostrar para os pequenos como identificar o carinho bom de outro considerado abusivo.

    O vídeo, que tem duração de pouco mais de um minuto, foi lançado em setembro e tem chamado a atenção nas redes sociais. Até o fim de outubro, eram contabilizadas mais de 175 mil visualizações. Ele faz parte de uma série de animações produzidas, inicialmente, para o período da Copa do Mundo de Futebol de 2014. A campanha Defenda-se foi reconhecida durante a 5ª edição do Prêmio Neide Castanha 2015, sendo premiada na categoria Protagonismo de Crianças e Adolescentes.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Vitaminas, fontes naturais de vida e saúde

    montagem vitaminas webrgb


    Nunca se leu ou se falou tanto em vitaminas! Qualquer pessoa que vá ao supermercado ou farmácia poderá ler em vários produtos as palavras "vitaminado", "contém vitaminas", enriquecido com "vitaminas". E não é raro a família optar em comprar um produto só porque está escrito no rótulo a palavra "vitamina". Alguns deles até estampam um elenco de vitaminas. Por que esse desejo das famílias na busca por alimentos vitaminados? Será que as famílias entendem a importância de uma alimentação saudável, que é a fonte natural das vitaminas?

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Você faz parte de uma rede de proteção à criança!

    1355 rede comunitaria outros assuntos

    Foto: Kate Mangostar / Freepik.com

    Nos últimos tempos, muito tem sido falado sobre trabalho em rede. O CONANDA (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, terceiro capítulo da Resolução 113/2006.)* afirma que os órgãos públicos e as organizações da sociedade civil devem atuar em rede pela garantia dos direitos humanos desta faixa etária. Mas, você sabe o que isso significa?

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Você sabia que muitas doenças ocorrem por falta de cuidados com a higiene?

    1308 higiene e saude entrevista

    Foto: Chapecó - SC

    Segundo o relatório da ONU-Água, sobre o Desenvolvimento dos Recursos Hídricos, quase 10% das doenças registradas ao redor do mundo poderiam ser evitadas se os governos investissem mais no acesso à água, medidas de higiene e saneamento básico.

  • <br />
<b>Notice</b>:  Undefined property: stdClass::$image_intro_alt in <b>/var/www/pastoraldacrianca.org.br/templates/pastoral-da-crianca-ja-directory/html/com_tags/tag/default_items.php</b> on line <b>83</b><br />

    Zero violência, 100% ternura: o novo compromisso pelas crianças do continente

    nota 100 ternura
    Equipe que participou do encontropara o planejamento da campanha, incluindo (à esquerda) dois representantes do Unicef do México, que demonstraram apoio à campanha

    Depois de alguns dias intensos de trabalho na Cidade do México, na sede da Pastoral Social - Cáritas, entre os dias 2 e 4 de maio, o Departamento de Justiça e Solidariedade do Conselho Episcopal Latino-Americano (Dejusol/Celam), a World Vision, a Pastoral da Criança Internacional e a Cáritas da América Latina e Caribe, por meio do projetoCentralidad de la Niñez (PCN), empreenderam com o desenvolvimento da campanha continental "Zero violência, 100% ternura”.

  • Zero violência, 100% ternura: um compromisso da comunidade

    1380 zero violencia 100 ternura entrevista

    Foto: Sathyatripodi

    A campanha “Zero violência, 100% ternura”, criada a partir do projeto Centralidad de la Niñez , desenvolvida pela Pastoral da Criança Internacional, World Vision América Latina e Caribe e o Departamento de Justiça e Solidariedade do Conselho Episcopal Latinoamericano (CELAM), em uma parceria com a Caritas e a Associação Latino Americana de Educação Radiofônica (ALER), é uma campanha continental que busca erradicar a violência contra a criança.