Solidariedade que ultrapassa fronteiras

Todos os anos, morrem onze milhões de crianças no mundo. A maioria tem menos de cinco anos de idade. Desse total, mais de seis milhões morrem devido a causas facilmente evitáveis ou preveníveis, como a diarréia, a pneumonia, a malária e o sarampo. Dessas mortes, 2 milhões são por Diarréia - 98% das mortes seriam prevenidas pelo uso do soro caseiro; 2,1 milhões por Pneumonia, sendo que mais de 90% das mortes poderiam ser prevenidas pelo uso de antibiótico; 1 milhão por malária - prevenida pelo uso de redes inseticidas e por tratamento com anti-maláricos; e centenas de milhares de morte por sarampo - prevenidas por vacina efetiva e barata. (Fonte: Black RE, Morris SS, Bryce J. Where and why are 10 million children dying every year? The Lancet 2003; 361: 2226-2234).

Além disso, no mundo, 114 milhões de crianças não recebem instrução sequer ao nível básico e 584 milhões de mulheres são analfabetas. Em alguns países extremamente pobres, menos de metade das crianças freqüentam o ensino primário e uma porcentagem inferior a 20% passa para o ensino secundário.

Dentro desse contexto social, que exige soluções imediatas e acessíveis à essa população em risco, a Pastoral da Criança surge como um diferencial no enfrentamento dessas situações, tanto em nível nacional como internacional.

A Pastoral da Criança Internacional foi instituída no dia 18 de novembro de 2008, em Montevidéu, no Uruguai. Os fundadores são: Dom Geraldo Majella Agnelo - Cardeal Arcebispo Primaz de Salvador (BA) e fundador da Pastoral da Criança, Dom Odilo Pedro Scherer - Cardeal Arcebispo de São Paulo, Monseñor Carlos M. Collazzi - Bispo da Diocese de Mercedes e Presidente da Conferência Episcopal Uruguaia, Dra. Zilda Arns Neumann - Fundadora da Pastoral da Criança, Sr. Jorge Gerdau Johannpeter - Diretor Presidente da Gerdau. O Conselho Administrativo é composto por Dom Geraldo Majella Agnelo, Dom Anuar Battisti, Monseñor Luis del Castillo - Bispo da Diocese de Melo no Uruguai, Sr. Emilson Alonso, Sr. Maurilio Leopoldo Schmitt e Dr. Nelson Arns Neumann.

A estratégia comunitária da Pastoral da Criança Internacional se assemelha à do Brasil cuja base é a partilha da solidariedade fraterna e dos conhecimentos sobre saúde, nutrição, educação, cidadania e desenvolvimento infantil. Através de orientações às famílias e ações simples, a Pastoral da Criança ajuda a prevenir a Mortalidade Infantil, a promover a paz, e a fortalecer o protagonismo das pessoas que vivem em comunidades pobres. Fundamentada na mística cristã que une a fé à vida, a Pastoral da Criança Internacional alarga seus horizontes para acolher outras culturas, povos e nações.

Atualmente, a metodologia está sendo aplicada em mais 10 países: México, Guiné-Bissau, Haiti, Perú, Filipinas, Moçambique, Bolívia, República Dominicana, Guatemala e Venezuela.

Coordenação da Pastoral da Criança Internacional
Rua Jacarezinho, 1691 – Mercês
Curitiba – Paraná – Brasil
Fone: 55(41)21050247 ou 21050240
www.pci.org.br
Esta dirección de correo electrónico está siendo protegida contra los robots de spam. Necesita tener JavaScript habilitado para poder verlo.