1394 alimentacao na infancia crianca comendo frutas com voluntario

Foto: Acervo da Pastoral da Crnça

A estimativa de obesidade infantil no Brasil, com crianças menores de 5 anos, já atingiu 7,7%. Isso se deve não apenas a genética, mas também a hábitos no dia a dia, vindo principalmente dos pais, de comidas práticas porém com baixo valor nutricional e alto teor calórico.

É preciso tomar cuidado com as nossas crianças no momento da alimentação, pois é nessa hora que se define a saúde do adulto que ela será e seus hábitos alimentares para o resto da vida. Para falar sobre isso, convidamos a Marcia Moscatelli de Almeida, nutricionista da coordenação nacional da Pastoral da Criança.

Porque a alimentação saudável é tão importante para as crianças Márcia?

marcia moscatelli2

Márcia Moscatelli - Nutricionista

A alimentação ela contribui para proteção contra doenças, se a criança tem uma alimentação saudável ela vai ficar protegida, desde uma gripe, ou diarreia que é bem comum nas crianças, e também de doenças que podem surgir na vida adulta, como diabetes, e Hipertensão, ou pressão alta, derrame cerebral, doenças do coração, e alguns tipos de câncer.

Márcia você poderia dar alguns exemplos de lanches saudáveis, para as crianças levarem para escola, por exemplo, que alimentos colocar na lancheira das crianças?

Por exemplo uma opção seria você colocar na lancheira, uma fruta, a banana e a mexerica, são boas opções porque ela já vão prontas, ela já estão em baladas ele na sua própria casca, uma opção de carboidrato seria um sanduíche, feito com pão né de preferência integral, e aí é proteína eu vou colocar no meio desse sanduíche, posso colocar um patê feito com frango, com ricota, com sardinha, também posso fazer um patê de abacate, muito nutritivo fica gostoso e saudável, posso colocar também verduras, como tomate, umas cenoura ralada, alface, agrião, ou rúcula né, de acordo com a cultura alimentar ali dessa família. Eu posso inserir também uma bebida, por exemplo na região norte, nordeste tem bastante coco, então a gente pode usar a água de coco. Vamos para o segundo exemplo em uma segunda opção, eu posso fazer uma salada de fruta, e com três variedades de fruta ou mais, colocar num potinho pequeno para criança, um pedaço de bolo caseiro, e um potinho de iogurte natural, e se você quiser adoçar e mudar o sabor, você pode colocar algumas frutas, ou adoçar com mel, desde que a criança tem aí mais de dois anos. Para substituir as frutas você pode usar algumas verduras, por exemplo, cortar a cenoura em palitinhos, tomatinho cereja também é um alimento que tem boa aceitação pelas crianças, de carboidrato posso usar a tapioca, ou beiju, ou biscoitinho de polvilho, pão de queijo, queijinho branco de acordo com a sua criatividade você pode estar variando esse lanche para as crianças.

Marcia, e quais são os lanches que uma criança, não deve consumir?

Ela não deve consumir aqueles alimentos que já vêm prontos para o consumo, que geralmente são produtos ultraprocessados, os salgadinhos de pacote, a bisnaguinha com embutido, suco de caixinha, achocolatado, biscoito recheado, esses elementos eles fazem mal para saúde porque, eles não são naturais, tem muitas substâncias químicas, eles acostumam ao mau paladar da criança, então a criança vai acostumar a sentir o sabor de alimentos muito doce, ou muito salgado, e são calorias vazias que favorece o ganho de peso excessivo, mas não tem nutrientes, não tem vitaminas, não tem minerais que estão presentes nos produtos In Natura.

Leia a entrevista na íntegra: 1394 - Entrevista com Márcia Moscatelli - Alimentação na infância (.PDF)

Esta entrevista é parte do Programa de Rádio Viva a Vida da Pastoral da Criança.
Ouça o programa de 15 minutos na íntegra

1394 - Alimentação na infância - 18/06/2018



Cadastre seu e-mail para receber nossas novidades

E-mail:*