aleitamento materno bebê

Foto: Acervo da Pastoral da Criança

A semana de 16 a 20 de novembro de 2020, quando se celebra o Dia Mundial de Oração e Ação pela Criança, será um pouco diferente dos anos anteriores. Normalmente nesse período, são realizados momentos celebrativos com a presença das crianças e de suas famílias em lugares que possam acontecer o encontro e a confraternização entre as pessoas. Mas, neste ano, a pandemia da Covid 19 não fez com que acontecesse somente o distanciamento social, mas também revelou para mais pessoas a situação de desigualdade social em que se encontram as crianças das comunidades mais pobres. 

 A Pastoral da Criança, que já tem sua missão junto a essas crianças e suas famílias, reforçou o seu trabalho, fomentando uma grande rede de solidariedade nessas comunidades mais pobres para atender essas famílias, conforme afirma o coordenador internacional da Pastoral da Criança quando fez parte, em abril, de uma oração inter-religiosa com participação de vários países: “A desigualdade social está tornando esse vírus muito mais mortal. Como sempre, os pobres são os mais afetados”. https://www.pastoraldacrianca.org.br/noticias2/4932-fe-acao-gnrc

Assim, a Arigatou Internacional, juntamente com sua Rede Global de Religiões pela Criança (GNRC), realiza, neste ano, a Semana Global Fé em Ação pela Infância - fortalecendo o diálogo e a colaboração, por ocasião do Dia Mundial de Oração e Ação pela Criança, celebrado em 20 de novembro, por ser também o Dia Internacional da Infância e também o aniversário da assinatura da Convenção sobre os Direitos da Criança.

No Brasil, juntam-se também outras organizações e comunidades de fé para dialogar e agir diante da situação das crianças. E são as crianças e jovens dessas diferentes comunidades de fé que apresentam suas expectativas e esperanças para o futuro, em forma de desenho e também com suas vozes, como mostram neste vídeo.