O momento exige cautela. Ao mesmo tempo precisamos agir para apoiar as famílias mais vulneráveis. aleitamento 7Diante da situação em que nosso país enfrenta, seguem orientações sobre a visita domiciliar e Celebração da Vida:

1. Nos municípios em que o comércio e outros serviços estão suspensos, a orientação é:

Primeiramente, seguir a orientação da Igreja local bem como da Secretaria Municipal de Saúde.

Visita domiciliar: fazer acompanhamento das crianças e gestantes por meio eletrônico. Usar o aplicativo Visita Domiciliar e outros meios de comunicação, como o site e o facebook da Pastoral da Criança. Importante ter este contato para ajudar com as dúvidas, em especial sobre o coronavírus.

Celebração da Vida: suspender temporariamente. Retornar quando as autoridades locais permitirem.

Nestes municípios onde tem vírus circulante é importante ficar atento se há pessoas passando fome, sem acesso a remédios ou outras grandes dificuldades. Criar formas de fazer chegar a solidariedade sem contaminar ou ser contaminado. Convocar os jovens da comunidade a atuar com cuidado e solidariedade.

2. Nos municípios em que não há determinação de fechamento do comércio ou outros serviços:

Primeiramente, seguir a orientação da Igreja local bem como da Secretaria Municipal de Saúde.

No momento, 5.000 municípios brasileiros ainda não tem o coronavírus circulando por transmissão comunitária. Trocando informações com o maior epidemiologista em nível mundial em cuidados com crianças e gestantes, e pesquisador da Pastoral da Criança há mais de 30 anos, Dr. Cesar Victora, estabelecemos o seguinte procedimento para os locais em que não há restrição emitida por autoridade:

Manter as atividades de visita domiciliar e Celebração da Vida, seguindo rigorosamente as recomendações da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde.

Visita domiciliar:
- Lave as mãos com água e sabão; use álcool 70%;
- Mantenha distância de 2 metros entre você e as pessoas. Converse preferencialmente ao ar livre;
- Evite tocar nos olhos, nariz e boca;
- Cobrir a boca e o nariz com a parte interna do cotovelo ou lenço quando tossir ou espirrar (em seguida, descarte o lenço usado imediatamente).
- Pessoas doentes ou com problemas que deixam seu organismo mais frágil não devem fazer visitas.

Celebração da Vida:
- Celebração da Vida com no máximo 50 pessoas (dividir em grupos, se necessário); dar prioridade às crianças pequenas e gestantes;
- Ambientes bem arejados;
- Pessoas doentes não devem participar;
- Evitar aglomerações, mantendo distância de 2 metros entre uma pessoa e outra;
- Aproveitar o momento e mostrar a correta forma de lavagem das mãos, conforme vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=2h8vc-voPNQ

Líder, é muito importante aproveitar estes momentos para orientar as famílias sobre como prevenir a infecção por coronavírus. Juntos, somos mais fortes!

Hoje, a Pastoral da Criança irá lançar no AppVisita Domiciliar um material de “E-capacitação” sobre coronavírus, com informações específicas e atualizadas. Fiquem atentos!

1414 a crianca e o consumo criancas brincando

Lista Correio App