paz na familia menina segurando 10 mandamentos

Foto: Marcelo Caldin

A paz é fruto de uma decisão. Decida viver em paz! Cultive a paz dentro de você e ao seu redor. Ao longo da história da humanidade, a paz foi o bem mais desejado por todos. E continua a ser. Se observamos a conversa das pessoas, certamente, em algum momento, sairá a expressão: "Eu quero paz" ou "Me deixem em paz". Às vezes, de tanto ouvirmos as notícias e vermos a nossa volta tantos conflitos familiares, sociais e bélicos, acabamos ficando com a impressão de que o ser humano não sabe viver em paz. Basta um tempo de calmaria, para logo começar, por qualquer motivo, mais uma briga, mais um conflito armado ou não.

Contudo, se pensarmos de modo individual, a paz é algo amplamente buscado no coração, na mente e na vida de cada pessoa. É um anseio! Estar em paz com a vida, com as pessoas, com as emoções, com Deus… é fruto de equilíbrio e perseverança. A paz não se encontra pronta. É preciso construí-la. Como? Através de gestos simples e bem concretos. Promover um ambiente de diálogo e harmonia em casa ajuda toda a família, especialmente as crianças, que crescem acreditando no lado positivo e saudável das relações familiares. Uma família que briga constantemente só deixa traumas e inseguranças no sentimento de seus filhos. Paz no trabalho, paz no trânsito, paz com os vizinhos, paz na comunidade.

Como a Pastoral da Criança faz
Mandamentos para a paz na família: inspiração que transforma realidades

Dicas para a paz

Viva a VidaPrograma de rádio Viva a Vida
1199 - 22/09/2014 - A Paz Começa em Casa


Esta entrevista é parte do Programa de Rádio Viva a Vida da Pastoral da Criança.
Ouça o programa de 15 minutos na íntegra

Sul

Norte

Muitas pessoas ainda dizem que viver a paz na família é impossível, devido a brigas e separações internas que a dividiram. Irmãos que não se falam, filhos e pais que vivem afastados, cunhados em verdadeiro "pé de guerra", como se diz popularmente. O orgulho não deixa dar o primeiro passo. Então, como fazer para restabelecer a paz? Perdão, diálogo e consciência de que vale a pena viver em paz, em harmonia com todos e até mesmo com a natureza, pois isso contribui até mesmo para a saúde e a longevidade. A ciência já provou: a paz traz felicidade e quem é feliz, vive mais.

Entretanto, ninguém é uma ilha. Portanto, não pense que a paz é algo que se encontra e se vive sozinho. Ajude a construir a paz na sua comunidade também, não só colaborando em diversas campanhas para a melhoria da qualidade de vida local, mas também promovendo momentos de encontro, diálogo e convivência pacífica entre as famílias. Com tolerância, acolhida, respeito aos demais, podemos construir um mundo mais humano e fraterno para todos.

“A paz é uma atitude, é um modo de ver”, afirma Ir. Vera Lucia.

Manter a paz na família é fundamental para educar bem as crianças. Às vezes, parece tão difícil falar de paz em meio às notícias de violência. Mas o mundo precisa de paz e é possível colocá-la em prática. Para conversar sobre a paz na família, nesta semana, a Pastoral da Criança traz a experiência de sua coordenadora nacional, Irmã Vera Lúcia Altoé.

Irmã Vera, o que é a paz? De que modo é possível construí-la?

Fonte

Irmã Vera

 Irmã Vera Lúcia Altoé

A paz é uma atitude, é um modo de ver. A Pastoral da Criança em suas ações sempre deixou claro que a paz começa em casa. Por isso, é necessário formar as crianças desde pequeninas para essa atitude de paz, na maneira como a gente se relaciona com os outros. É o relacionamento marido e mulher, pais e filhos, irmãos entre si. É conviver na família, na sociedade, no relacionamento com os outros. A paz se constrói, antes de tudo, na família. É aí que nós aprendemos como viver em harmonia, como respeitar, como saber lidar com os conflitos. A família é um ambiente especial para o aprendizado e desenvolvimento da paz.

Para que o aprendizado seja mais eficiente, os pais precisam praticar a paz, dar o exemplo. Como fazer isso?

Isso mesmo. Os pais precisam não brigar, não gritar. Eles precisam se controlar e buscar, de fato, viverem em paz.A paz se faz com atitudes, se faz com gestos concretos. E aí algumas coisas são necessárias. É impossível haver paz se não houver perdão, é impossível exigir paz se eu firmo o pé nas minhas ideias e não sou capaz de dialogar, de aceitar o outro como ele é. A paz se constrói com gestos pequeninos no dia a dia. É importante lembrar que os pais, os adultos, devem dar o exemplo para os filhos. E, para isso, temos que procurar conhecer os filhos, saber que cada filho é diferente do outro.

Como a Pastoral da Criança está trabalhando para que haja mais paz nas famílias?

Nós sabemos que viver em paz dentro do lar promove a saúde física, emocional e espiritual de toda a família. Cuidando bem da criança desde a gestação, depois com o aleitamento materno, com carinho, com amor, a criança já traz consigo a paz. Cada um de nós pode ser um construtor de paz. Cada um de nós pode influenciar, com sua maneira pacífica de agir, as pessoas que nos cercam, e, assim, podemos ser construtores da paz.

Leia a entrevista na íntegra: 1199 - Entrevista com Ir. Vera Lúcia Altoé - A paz começa em casa (.PDF)

Leia também:
10 conselhos do Papa Francisco para ser feliz
Lugar de criança é com a família
Como você está educando seu filho?