como ensinar as criancas a cuidarem do meio ambiente

Foto: Bruno Bralfperr

Brincando na terra, subindo em árvores, plantando hortas e fazendo reciclagem do lixo, as crianças aprendem lições importantes sobre como cuidar do nosso planeta e valorizam o que a terra nos dá. Com conhecimento prático, elas entendem seu papel no planeta e aprendem a respeitá-lo.

Quando a criança entra em contato com a natureza, descobre um mundo fantástico e ela faz isso de muitas maneiras. Percebe que a natureza é muito maior do que a casa dela ou o apartamento onde mora. A natureza também aguça a criatividade da criança, uma vez que ela deixa de ficar parada em frente ao computador, ao videogame ou à televisão, e sai para explorar o meio ambiente natural, evitando o sedentarismo.

Conhecimento, pertencimento e desenvolvimento saudável

Quando a criança tem oportunidade de conhecer plantas e animais desde cedo, ela aprende a preservar o meio ambiente, fazendo com que se sinta parte do mundo que a rodeia. Além disso, há uma quantidade enorme de possibilidades de brincadeiras ao ar livre, que podem ser inventadas pelas crianças.

É preciso deixar as crianças brincarem muito, sem se preocupar, afinal, os especialistas garantem que o contato com a natureza ajuda o sistema imunológico, ainda em fase de desenvolvimento, a funcionar corretamente. Isso cria anticorpos e melhora a resistência para quando for preciso enfrentar alguma infecção ou doença.

Desafios dos novos tempos

É preciso estimular as crianças a manterem contato com a terra, com a água e ar puro, pois desta maneira elas irão contribuir com a manutenção e o equilíbrio do meio ambiente. Muitas vezes, a criança volta à noite da escola e quando chega em casa, liga TV, computador e videogame, come salgadinho, açúcar, corante e conservante. Fica o dia inteiro longe da natureza.

Antigamente as crianças eram criadas brincando livremente na rua e, em suas casas, tinham quintal com plantas ou mesmo árvores. Assim, o contato com a natureza na infância acontecia de forma espontânea. Hoje, no entanto, é comum que cresçam em apartamentos, brinquem apenas em parquinhos de concreto e passem seu tempo de lazer em lugares fechados, como shoppings, teatros ou cinemas.

Brincar criativo

Por isso, não devemos esquecer que a natureza oferece uma grande possibilidade para o brincar criativo, não são brinquedos fixos como aqueles dos parquinhos. Por exemplo, no faz de conta, uma grande folha pode virar um prato e pedrinhas podem representar alimentos. É um universo cheio de varinhas mágicas, tocas e torres de terra. A criança pode mexer numa rocha, cavar na areia, procurar insetos ou colher folhas e flores. E aí, quando elas voltam para casa, estão cheias de boa energia e mais criativas.

É importante que as crianças tenham momentos para brincar soltas e relaxadas, como em parques ou praças. Subir numa árvore ou simplesmente correr em um espaço mais amplo é estimulante, além das atividades que favorecem o uso da imaginação. A criança vai sentir o cheiro da terra. Não basta passear pelo parque rapidinho com a criança sentada no carrinho, sem lhe dar a chance de tocar as coisas.

O cuidado com a natureza é uma das boas heranças que a criança ganha ao conviver com a natureza. As crianças tornam-se fortes defensoras do meio ambiente.

 

 

Mais recentes - Missão