Campanha da Fraternidade 2015"Eu vim para servir"
(Mc. 10,45)

A Campanha da Fraternidade de 2015 aborda a vasta temática da “Igreja e Sociedade”, convidando-nos a assumir tantas formas de serviço aos pobres, sempre os mais necessitados de inclusão com justiça social. Para celebrar os 50 anos do Concílio Vaticano II (1962-1965), a Igreja no Brasil avalia a sua colaboração, ao longo de tantos anos. Como cristãos precisamos reconhecer as iniciativas realizadas por entidades que promovem a dignidade da vida humana e transmitem seus saberes e experiências.

 

A Pastoral da Criança e da Pessoa Idosa, iniciadas por Dra. Zilda, representam formas concretas para salvar vidas e qualificar pessoas e famílias. As ações básicas de ambas as pastorais abrem oportunidades e ajudam a inclusão social dos empobrecidos.

Há muitas pessoas e famílias necessitadas de orientações sobre os valores éticos e que também precisam ser capacitadas para serviços qualificados, hoje uma exigência do mercado de trabalho. Cabe ao Estado organizar a sociedade no rumo do desenvolvimento das pessoas e das famílias, especialmente as que nunca tiveram oportunidades. Cabe à Igreja colaborar com seus préstimos, assumindo tantas formas de defesa e de promoção da dignidade da vida. Muita gente não teve sequer chance de estudar para conseguir uma condição melhor. As classes sociais mais humildes sofreram exploração durante séculos e não lhes deram condições para participar da construção da cidade e da cidadania.

Nós, líderes da Pastoral da Criança e da Pastoral da Pessoa Idosa, integramos nossos préstimos em defesa e promoção da dignidade da vida, somando nossas forças às políticas públicas de educação e de saúde. Não podemos deixar de estimular a todos os mais pobres que procurem meios para se capacitar para serviços qualificados. Para que o ideal se torne realidade é necessário investir e priorizar a educação e a saúde pública.

Dentro de nossos limites e possibilidades, assumimos a superação das desigualdades e injustiças sociais, procurando oportunidades de vida em abundância para todos.

Dom Aldo di Cillo Pagotto
Arcebispo Metropolitano da Paraíba e
Presidente do Conselho Diretor da Pastoral da Criança

Mais recentes - Missão