A Pastoral da Criança contou com a participação das coordenações, pessoas de apoio e líderes dedicados nas campanhas de 2014. Vamos relembrar:

Soro caseiro, medida simples que salva vidas: os líderes distribuíram as colheres para fazer a medida exata de açúcar e sal em um copo de água (200ml). As crianças com diarreia tomaram o soro ao longo do dia e, assim, repuseram o líquido no organismo.

 

Mutirão em busca da gestante: levamos adiante o compromisso de encontrar as gestantes da comunidade. O acompanhamento da gestante, desde os primeiros meses de gravidez, é uma das prioridades do trabalho da Pastoral da Criança. Quanto mais cedo a grávida receber as orientações do líder da Pastoral da Criança e iniciar o pré-natal, melhor será a sua gestação.

Dormir de barriga para cima é mais seguro: a morte súbita é uma das maiores causas de óbito entre crianças de até 1 ano de idade. Em muitos casos, ela acontece porque o bebê está de lado ou de barriga para baixo, posições incorretas para dormir, pois ele inala um ar menos puro, ou seja, respira parte do ar que deveria ser eliminado. Juntos, reduzimos a morte súbita e favoreceremos o bem estar e a saúde de nossas crianças.

 

Antibiótico, primeira dose imediata: alertamos a população e os profissionais de saúde sobre a necessidade de ministrar a primeira dose de antibiótico nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) logo depois da consulta, principalmente nos casos de crianças com suspeita de pneumonia, que é uma infecção respiratória grave. Com esta iniciativa de começar mais cedo o tratamento, a cura foi mais fácil, foi evitado o agravamento da doença que poderia levar à internação hospitalar ou, pior, à morte da criança.

Lavar as mãos: o Dia Mundial de Lavar as Mãos foi comemorado no dia 15 de outubro. Ao longo do ano, os cuidados com a higiene foram ensinados e repetidos com paciência para as crianças nas comunidades. Usamos atividades divertidas para transformar o ato de lavar as mãos em hábito e um momento bom para a criança.

Ação e Oração pela Criança: a celebração do dia 20 de novembro foi resultado das ações das tradições religiosas voltadas para o enfrentamento das situações que afetam as crianças mais vulneráveis. Com atividades recreativas e culturais para as crianças, o Dia de Oração e Ação congregou as tradições religiosas para conhecer o que foi desenvolvido, aprender uns dos outros e definir uma agenda comum para o ano de 2015.
As campanhas apoiadas pela Pastoral da Criança tiveram vários parceiros, entre eles:

Ministério da Saúde: destaque para a parceria na promoção da vacinação, amamentação, combate à dengue e eliminação da hanseníase.

Ação Global e Medida Certa: os eventos foram realizados em diversas cidades de todos os estados e no Distrito Federal. Houve a participação da Pastoral da Criança na avaliação nutricional  de crianças de zero a seis anos.

Instituto Trata Brasil: divulgação de informações sobre saneamento básico.

Líder, todas estas iniciativas foram realizadas com a sua contribuição e beneficiaram milhões de crianças. Neste Natal, vamos celebrar a vida destas crianças e suas famílias. Nosso sincero agradecimento pela sua dedicação.

Clóvis Boufleur
Gestor de Relações Institucionais da Pastoral da Criança

Mais recentes - Missão