Ir Vera Lucia Altoe“Maria é aquela que sabe transformar um curral de animais na casa de Jesus, com uns pobres paninhos e uma montanha de ternura”.  (Papa Francisco - Alegria do Evangelho n. 286)

 

Estimados líderes,

Estamos chegando ao final de mais um ano. Certamente você está pensando em tantas coisas boas que você fez em 2014. Vamos juntos agradecer ao nosso Pai do Céu por tantas maravilhas que Ele realizou por nosso meio em nossa missão pastoral. Que este mês seja um mês de ação de graças ao Senhor da Vida, que nos motivou e nos acompanhou sempre na nossa missão de levar vida plena às nossas crianças e gestantes.

Como já é do seu conhecimento, no dia 5 de dezembro comemoramos o Dia do Voluntariado. A missão da Pastoral da Criança deu certo no Brasil e está dando certo em outros países porque é realizado por pessoas que dedicam gratuitamente parte de seu tempo para caminhar em busca de gestantes e crianças. Por isso este dia também é o Dia da Pastoral da Criança.

É interessante a gente observar que esta dedicação espontânea aos nossos irmãos nos faz ser mais gente, crescer como pessoa humana. Aliás, o Papa Francisco, na Exortação Apostólica “A Alegria do Evangelho n.76”, diz:

“Agradeço ao belo exemplo que me dão tantos cristãos que oferecem sua vida e o seu tempo com alegria. Este testemunho me faz muito bem e me apoia na minha aspiração  pessoal de superar o egoísmo para uma dedicação maior.”

Ser voluntario é abraçar uma causa, é se dedicar a algo em que se acredita. Dedicamos o melhor de nosso tempo para uma missão que fazemos nossa. Há necessidade de estar sempre sustentando este nosso ideal e este nosso entusiasmo pela nossa missão de levar vida às gestantes e crianças das famílias que acompanhamos com muito carinho. Parabéns a você que decidiu doar sua vida como voluntário.

Neste mês, também celebramos o Natal do Senhor. Você já observou que Jesus nasceu porque Maria aceitou ser sua mãe? E na nossa missão junto às gestantes, quantas vezes nós precisamos convencê-las a aceitar serem mães? Cada criança que vem ao mundo porque nós colaboramos para que ela nascesse é um novo Natal. Por isso, nós líderes da Pastoral da Criança, podemos dizer que durante o ano celebramos muitas vezes o Natal. Jesus nasce de novo na pessoa de cada criança que não viria ao mundo se não fosse a nossa presença junto às gestantes. Parabéns a você que cuidou de Jesus durante este ano.

Nestes 31 anos de existência da Pastoral da Criança, quantos milagres foram realizados pelos nossos líderes! Quantos natais foram celebrados! Quanta dedicação tivemos por parte de tantas pessoas que voluntariamente dedicaram o seu tempo aos seus irmãos para lhes dar vida!

E para celebrar todas estas maravilhas, nós vamos fazer nossa peregrinação a Curitiba para agradecer ao Senhor por tudo isso e para solicitar que aquela que começou todo esse trabalho, possa ser nosso exemplo e testemunho de dedicação. Vamos pedir que se iniciem os estudos para que a Igreja possa reconhecer as virtudes de Dra. Zilda. Queira Deus que os que vierem a Curitiba no próximo dia 10 de janeiro possam seguir o seu exemplo de dedicação e compromisso com a missão da Pastoral da Criança.

Aos que não puderem estar presentes em Curitiba por qualquer motivo, peço que se unam em orações para que a Celebração Dra. Zilda - Vida plena para todas as crianças seja um momento festivo. E os que vierem possam fazer uma viagem tranquila e retornem em paz para suas casas. Estejamos todos unidos diante de Deus neste momento importante para a história da Pastoral da Criança. Parabéns a você que fez e faz parte dessa história.

Aproveito para desejar a todos um feliz e abençoado Natal, extensivo a toda a sua família. Que este Natal seja um momento de agradecimento a Deus por tudo, sobretudo pela perseverança e dinamismo com que você encantou outras pessoas para fazer parte dessa história de vida e de amor na missão da Pastoral da Criança.

Com minha estima e amizade,

Irmã Vera Lúcia Altoé
Coordenadora Nacional da Pastoral da Criança

Mais recentes - Missão