trocandoideiasComo falei aqui, em vários meses do ano passado, sobre a implantação da estratégia do brincador, vou dar notícias a vocês de como ela foi iniciada. Com isso, a Ação Brinquedos e Brincadeiras (BQ BC) poderá acontecer, com mais facilidade, em todas as comunidades com as Ações Básicas da Pastoral da Criança consolidadas.

 Revisamos os livros que servem de base para a Ação BQ BC a m de colocar neles a nova estratégia do brincador e as mudanças decorrentes dela. Foram revisados e editados os livros Brinquedos e Brincadeiras na comunidade e Como organizar e acompanhar - Brinquedos e Brincadeiras. Foi escrito também o Dicas nº 51- O brincador e a brincadeira da criança. Em março de 2013, com os novos materiais, iniciamos o processo de capacitação de multiplicadores dos estados, atualizando os que iriam continuar e ascendendo capacitadores a multiplicadores. O mesmo começou a ser feito por esses multiplicadores com os capacitadores nos setores. Em seguida, estes começaram a capacitar os brinquedistas para os ramos, que, por sua vez, prepararão os brincadores para as comunidades.

Com a nova estratégia, os brincadores atuarão no Dia da Celebração da Vida supervisionados pelos brinquedistas, com a ajuda dos líderes. Os brincadores serão incentivados também a participar de outros momentos, como as Ruas do Brincar e as Ocinas de Confecção de Brinquedos. Como os brincadores não precisam morar na comunidade, nem ser capacitados no Guia do Líder, acreditamos que haverá mais facilidade de se conseguir pessoas para participar da Ação BQ BC. Assim, poderemos ter a Celebração da Vida mais animada e interessante com a presença dos brincadores para animar as brincadeiras e com os sacolões sendo entregues nas comunidades que tenham brinquedistas responsáveis.

E, como vamos iniciar um novo ano, meu coração sempre se enche de esperança, o que aumenta meu ânimo e empenho em perseguir meus sonhos. Espero que vocês, brinquedistas, líderes, coordenadores, também se sintam esperançosos e animados em compartilhar com as famílias e pessoas das comunidades a importância do brincar para o desenvolvimento infantil e façam acontecer muitas oportunidades para as brincadeiras das crianças neste ano de 2014. Márcia Mamede Assistente Técnica da Pastoral da Criança

Mais recentes - Missão