Umas das atividades que tenho muito prazer em fazer são as Oficinas de Formação Contínua Integradas, as OFCI. Seja com capacitadores ou com líderes e equipes da comunidade, as necessidades e dúvidas que colocam fazem com que a discussão seja enriquecedora para todos nós.

 

Uma dúvida que me apresentaram em algumas OFCI é sobre os IOCs. É o caso de crianças que em  todos ou quase todos os IOCs são alcançados na pergunta 13 e, portanto, a resposta da pergunta 14, não aponta uma situação desfavorável para o desenvolvimento. Mas, essas crianças moram em um lugar em que as condições de vida são muito precárias, geralmente sem saneamento, violento, sem espaço para brincar ao ar livre. Os líderes então perguntam: isso não é uma situação desfavorável para o desenvolvimento da criança? Eles têm razão quanto a isso. Viver num lugar com essas condições torna mais difícil a criança encontrar várias das oportunidades que precisa para se desenvolver. Mas, a situação desfavorável da pergunta 14, ela está relacionada aos indicadores da pergunta 13 e não à totalidade das condições de vida da criança. Os IOCs dão pistas, mas não conseguem cobrir todos os aspectos da vida das crianças.

Pensando mais sobre estes indicadores, eles procuram most rar situações e atitudes importantes para promover o desenvolvimento da criança na família e na comunidade  e conquistas que ela apresenta. Em cada faixa de idade estão quatro perguntas e a maioria delas diz respeito à interação da criança com pais e familiares. Quando eles têm com o bebê ou com a criança uma interação amorosa, atenciosa e desafiante muitos dos  indicadores podem ser alcançados, pois o foco deles está mais na vida da família, em casa. Mas temos na idade de um ano a um ano e onze meses de idade um indicador que diz: A criança tem espaço que ofereça segurança para andar, correr e brincar?  E outro na idade que diz: A criança tem oportunidade de brincar com outras crianças?  Sendo assim, quando as crianças que moram em comunidades com condições adversas, esses indicadores não poderão ser alcançados.

Que bom ver que os IOCs estão servindo para Ver e Julgar, ou seja, observar e pensar sobre as condições de vida das crianças, o que permite um Agir mais eficaz dos líderes.

Parabéns, líderes! E obrigada por nos apresentar as suas dúvidas.

Márcia Mamede

Assistente Técnica da Pastoral da Criança

 

 

 

 

 
 

Mais recentes - Missão