A malária é uma doença infecciosa causada por parasitas (plasmódios) transmitidos pela picada do mosquito infectado do tipo Anopheles (mosquito prego) ou pelo contato com sangue (transfusão, gravidez).

Ela afeta as células do fígado (onde se multiplica) até destruí-las. Então ataca as células vermelhas do sangue (onde também se multiplica).


Quais os sintomas mais comuns da malária?

Geralmente os sintomas acontecem de forma cíclica, a cada 2, 3 ou 4 dias. Eles incluem:

  • febre alta;
  • calafrios intensos;
  • sudorese;
  • dor nas articulações;
  • pele amarelada

Inicialmente, antes de apresentarem esses sintomas, as pessoas infectadas podem sentir náuseas, vômitos, cansaço e falta de apetite.

O tempo entre a picada do inseto e o início dos sintomas pode variar de 7 a 28 dias.


Como confirmar que a pessoa está com malária?

Para saber se a pessoa está com malária deve-se fazer o exame de sangue (gota espessa, pelo microscópio)


Qual é o tratamento?

A malária é uma doença que tem cura e o tratamento é simples e eficaz. Entretanto, a doença pode evoluir para suas formas graves se não for diagnosticada e tratada de forma oportuna e adequada.

A pessoa com malária deve procurar o médico para avaliação.


Como prevenir a malária?

  • Usar mosquiteiros com inseticida;
  • Usar roupas que protejam pernas e braços (mangas compridas);
  • Usar telas e mosquiteiros em portas e janelas;
  • Borrifar inseticida de efeito residual nas paredes de dentro de casa;
  • Usar repelentes;
  • Cuidar com águas limpas e sombreadas de rios e córregos (onde o mosquito se desenvolve).

IMPORTANTE: Não existe vacina contra a malária e ela não é transmitida pela água.


As gestantes, as crianças e as pessoas infectadas pela primeira vez estão sujeitas a maior gravidade da doença e se não tratadas adequadamente e em tempo hábil, podem morrer.

Você está aqui:
Você está aqui: