ead topo

 

Índice

Toque no título para ir ao conteúdo

Gases, má digestão e azia

Inchaço, varizes ou câimbras

Hemorroida

Corrimento vaginal

Inchaço no corpo e pressão (tensão) alta 

 

Gases, má digestão e azia

É comum a gentante ter gases, má digestão e azia no 2º trimestre. Isso se dá porque o útero cresce e vai empurrando o estômago e o intestino, dificultando a digestão dos alimentos. É bom a gestante prestar atenção aos alimentos que causam indisposição e evitá-los. Além disso, ter práticas alimentares saudáveis, com refeições regulares, evitam
esses incômodos. Salsa, gengibre e chá de erva-doce ajudam a diminuir os gases.

Para uma boa digestão, alguns cuidados são necessários, tais como:

  • dar preferência aos alimentos mais frescos;
  • comer alimentos ricos em fibras: verduras e frutas, centeio, aveia, entre outros;
  • evitar doces, chá preto, chá mate, café e refrigerantes, pois provocam gases e azia;
  • comer devagar, mastigando bem os alimentos;
  • evitar comer alimentos muito gordurosos, como frituras, ou muito secos;
  • beber bastante líquido entre as refeições, evitando tomar muito quente ou muito gelado;
  • evitar beber líquidos durante as refeições;
  • comer pouco de cada vez;
  • não ficar mais de três horas sem se alimentar;
  • evitar permanecer por muito tempo sentada ou deitada.


Líder, se a gestante tiver azia, oriente-a a não tomar leite gelado como remédio, não deitar logo após as refeições e a dormir com travesseiro alto.

Inchaço, varizes ou câimbras

Durante a gestação é comum os pés incharem. Podem ainda aparecer varizes nas pernas ou na vagina. Isso acontece porque o útero pesa mais e dificulta a circulação do sangue.
Para melhorar a circulação do sangue, é bom a gestante usar roupas mais folgadas e comer alimentos com pouco sal. O desconforto de varizes e inchaço dos pés diminui quando a gestante caminha e, sempre que pode, senta-se ou deita-se com as pernas para cima.
É bom evitar usar meias com elástico apertado e sapatos com solados escorregadios.
Câimbras aparecem quando a gestante se movimenta pouco e quando faltam alguns sais minerais no seu corpo. Para aliviar a câimbra, a gestante pode se sentar no chão com as pernas esticadas e tentar puxar os dedos dos pés. Fazer massagens e evitar ficar muito tempo na mesma posição também ajuda.


Água de coco, banana, laranja e feijão são alimentos que podem ajudar a evitar câimbras.

Hemorroida

Hemorroidas são varizes que aparecem na parte final do intestino. A gestante pode se queixar também de intestino preso. Se o intestino não funciona todos os dias, as hemorroidas pioram e podem sangrar.
Para o intestino funcionar bem, é bom tomar bastante líquido, fazer caminhadas e comer mais alimentos ricos em fibras, como frutas e verduras.

Corrimento vaginal

Os hormônios da gravidez podem causar um corrimento esbranquiçado. Para limpar esse corrimento, a gestante precisa lavar o local e secá-lo bem.
Quando a gestante se queixa de corrimento com coceira e mau cheiro, é preciso que ela vá até o serviço de saúde para fazer exame e receber tratamento. Algumas vezes o médico receita remédio também para o companheiro. Quando o tratamento é seguido corretamente, as queixas logo desaparecem.

Inchaço no corpo e pressão (tensão) alta


Se, logo pela manhã, a gestante sentir dor de cabeça ou inchaço nos pés, mãos e rosto, é preciso levá-la ao serviço de saúde com urgência.
Pressão (tensão) alta, perda de proteína pela urina e inchaço no corpo, são sinais de pré-eclâmpsia. Esse problema pode ser resolvido com mais atenção nas consultas de pré-natal, com repouso e remédios. Às vezes é preciso ficar internada.
Se a gestante não receber o tratamento adequado, isso pode piorar, causando convulsões. Nesta fase chamamos a doença de eclâmpsia, problema grave que traz risco de vida para a gestante e para o bebê.



Filho, se adoeceres, não te descuides, mas roga ao Senhor, e ele há de curar-te. E recorre ao médico, pois também a ele o Senhor criou. E ele não se afaste de ti, pois tens necessidades de seus serviços.
Eclo 38,9.12

Você está aqui: