ead topo

Líder, para evitar ou diminuir desconfortos mais comuns nos primeiros meses de gestação, você pode orientar sobre estes cuidados:

Seios doloridos

Para diminuir a dor nos seios é preciso usar sutiã, de preferência de alça larga, para dar suporte ao peso deles que aumentou. As bolinhas das aréolas não devem ser espremidas, pois podem inflamar.

Tonturas

Na gravidez é comum que a pressão do sangue fique mais baixa e que a gestante sinta tonturas. Assim, é bom que ela se alimente em intervalos menores e levante-se sempre devagar. Quando a gestante sentir tontura, deve se deitar e respirar lenta e profundamente.

Mudança de humor

A alteração dos hormônios, a ansiedade e o medo de que aconteça alguma coisa com o bebê deixam a gestante muito mais sensível. Ela pode chorar ou rir por qualquer coisa. É bom conversar com a gestante e com a família, explicando que mudanças de humor fazem parte da gravidez e, por isso, é preciso ter mais paciência.

Enjoos e vômitos

Para diminuir esses desconfortos, a gestante precisa comer pequenas quantidades de comida várias vezes ao dia. Comidas de consistência mais mole e de temperatura morna ou fria são mais adequadas nessas situações. Também ajuda beber água gelada, comer frutas de sabor mais azedo e evitar alimentos gordurosos e apimentados. Beber líquidos durante a refeição não é aconselhável.

A vontade de vomitar geralmente acontece quando a gestante acorda, sente cheiro forte de perfume, gasolina, cera ou quando escova os dentes. Para diminuir a ânsia de vômito é bom a gestante alimentar-se logo ao acordar – dando preferência a alimentos secos, evitar o jejum prolongado – comer de seis a oito pequenas refeições durante o dia, e evitar deitar-se logo após as refeições. Escovar os dentes sem creme dental, só com água, também ajuda.

Algumas gestantes podem ter bastante enjoo, com vômitos frequentes, o que dificulta o sono, compromete o apetite e pode desidratar o corpo. Para prevenir a desidratação, é importante tomar mais líquidos.

Se a gestante vomitar muito, ela deve procurar o serviço de saúde.


Fraqueza, palidez e excesso de saliva

Quando a gestante fica pálida, fraca e sem vontade de fazer as coisas, ela pode estar com anemia ou estar desnutrida. Para prevenir essas doenças, a gestante precisa comer alimentos ricos em ferro e vitaminas, conforme orientações sobre alimentação saudável na 2ª etapa.

Fraquezas e desmaios podem acontecer após mudanças bruscas de posição e também quando a gestante fica sem se alimentar por muito tempo. Líder, para prevenir esses problemas, oriente a gestante a se alimentar logo ao acordar e a evitar o jejum prolongado. Caso a gestante sinta-se fraca, oriente-a a deitar-se do lado esquerdo e respirar com calma e profundamente.

No início da gravidez é comum a gestante ter bastante saliva. É bom que ela engula a saliva e tome dois litros ou mais de água por dia.

Você está aqui: