O BEBÊ DE 4 E 5 MESES

Mamãe e papai, sei que vocês têm tantas outras coisas para fazer... mas arranjem um tempinho todos os dias para ficar só comigo, me abraçar, conversar e mostrar as coisas com que eu posso brincar. Preciso muito da atenção, dos cuidados e do amor de vocês!

O Reino de Deus pertence às criancinhas! Jesus abraçava as crianças, conversava com elas. Ser pai e mãe é seguir o exemplo de Jesus!

O leite materno continua sendo o melhor alimento para o seu bebê. Se ele toma só leite materno é normal que ele seja mais gordinho.

Depois dos quatro ou cinco meses mamando só no peito, o bebê continua ganhando peso, só que mais devagar. Isso é normal e não quer dizer que o seu leite é fraco.

Caso você precise voltar ao trabalho, converse comigo, seu líder da Pastoral da Criança, sobre como tirar e guardar seu leite para ser dado ao bebê enquanto você estiver fora.

O bebê às vezes chora quando fica sozinho. Descubra maneiras de realizar as tarefas da casa com ele perto, para que possam se olhar e conversar.

Nessa fase, é bom para o bebê ter hora certa para o banho, para comer e dormir. Ele fica nervoso e inseguro quando há muita mudança no seu dia-a-dia.

Após cada mamada, passe um pano limpo e umedecido na gengiva, bochecha e língua do bebê. Isso tira os restos de leite e o bebê vai se acostumando com a boquinha limpa.

Aos quatro meses de idade, o bebê precisa tomar a segunda dose das vacinas:

• contra a paralisia infantil,

• contra a diarreia por rotavirus,

• contra bactérias tipo pneumococo, que causam doenças graves como meningite, pneumonia, otite média aguda, sinusite e bacteremia;

• vacina pentavalente, é uma composição combinada contra: tétano, hepatite B, coqueluche (tosse comprida), difteria e meningite (causada pelo Haemophilus influenza tipo B)

 

Você está aqui:
Você está aqui: