Como podemos usar ainda mais as ações básicas da Pastoral da Criança para promover a Alimentação Saudável? 

Líder, essa rica troca de experiências não precisa terminar nesses três momentos. Ela pode e deve continuar sendo usada em todos os momentos e ações da Pastoral da Criança.

Nas Visitas Domiciliares é que a conversa sobre alimentação e plantio nos quintais pode começar. Converse sobre os hábitos alimentares da família. Mostre os vídeos contidos aqui e compartilhe as receitas. Também observe a situação dos quintais. É comum encontrar restos de obras, bacias, vasos, ou lixo, amontoados no lugar, que podem ser utilizados como material para o plantio, principalmente quando se trata das áreas sem saneamento básico, onde a qualidade da terra está comprometida.

Na Celebração da Vida, incentive as mães a preparar algo que aprenderam e a trocar experiências e dicas de alimentação. Se possível, mostre os vídeos contidos aqui para todos os participantes e conversem a respeito.
E que tal um dia levar alguma mudinha e depois promover um debate com as famílias? Pergunte o que elas plantam, como plantam, o que as motiva a plantar; para as famílias que não plantam, pergunte se gostariam de plantar e que ajuda precisam.

Podem ser organizadas Rodas de Conversa, convidando as pessoas da comunidade, associações do bairro, escolas, as famílias acompanhadas pela Pastoral da Criança. Nestas reuniões, muitas coisas podem ser combinadas, tais como mutirões, trocas de sementes e mudas, além de planejar outras ações e compromissos de cada um. O importante é incorporar esse tipo de conversa junto às famílias.

Se sintam à vontade para organizar e levar estes importantes saberes sobre alimentação e hortas caseiras para cada vez mais pessoas.

Você está aqui: