•  Tinta de água de beterraba (cor grená ou rosa)

 Material: beterraba e água

Como fazer: aproveitar a água em que a beterraba cozinhou. Para a cor da tinta ficar mais forte cozinhar com menos água. Pode acrescentar qualquer cola para engrossar. No caso de ter beterraba que não preste para comer, pode fazer a tinta com a própria beterraba batida ou amassada na água e depois peneirada.

  • Tinta de anil (cor azul)

 Material: tablete de anil, água, cola, polvilho ou farinha de trigo.

Como fazer: dissolver o tablete de anil na água, colocar um pouco de cola ou engrossar com polvilho ou farinha levando ao fogo.

  • Tinta de caroço de abacate

 Material: semente de abacate, água, pano.

Como fazer: cortar o caroço do abacate em pedaços pequenos, em seguida socar ou moer. Espalhar o que foi socado ou moído ao ar para amarronzar. Depois colocar numa vasilha, acrescentar pouca água para não ficar uma tinta clara e espremer com um pano.

  • Tinta de carvão (cor preta ou cinza)

 Material: carvão, água, peneira ou pedaço de pano.

Como fazer: socar bastante o carvão. Depois misturar bastante água no pó, peneirar ou coar num pano. Deixar descansar por duas horas. Jogar fora, com cuidado, a água de cima e colocar um pouco de cola. 

  • Tinta de pedra (várias cores)

 Material: água e pedras de várias cores (cada região tem as suas).

Como fazer: socar bastante a pedra até virar pó. Depois peneirar, misturar água, sacudir, e deixar descansar por duas horas. Jogar fora, com cuidado, a água de cima e colocar um pouco de cola que ajuda a engrossar. Se quiser acentuar a cor, colocar um pouco de óleo de cozinha.

  • Tinta de terra

 Material: terra, peneira fina, coador de pano, pano velho.

Como fazer: para fazer tinta de terra, é importante ver se ela é barrenta, se tem “liga” ou “pega”. Terra com muita areia não serve. Serve a tabatinga ou terra comum que pode ser encontrada de várias cores. Pegar uma porção de terra e socar bem. Peneirar em peneira fina várias vezes, misturar água, mexer bem e coar essa mistura num coador de pano. Jogar fora a areia, colocar dentro de um vidro a água coada. Deixar a água barrenta descansar por dois dias para que o barro vá para o fundo, separando-se da água; isso se chama decantar. No segundo dia, jogar a água com cuidado fora para não voltar a misturar. Retirar o barro do vidro, colocando em um pedaço de pano e levar ao sol para escorrer um pouco. Depois colocar o “barro” em um recipiente plástico, acrescentar um pouco de água e de cola. Se quiser acentuar a cor, colocar um pouco de óleo de cozinha.

  • Tinta simples de terra (várias cores)

 Material: terra e água.

Como fazer: Não é preciso fazer a decantação (tirar a areia) para fazer esta tinta. Só é preciso misturar água à terra e,se quiser, acrescentar cola. Está pronta a tinta.

  • Tinta de urucum (cor laranja ou vermelha dependendo do tipo de planta)

Material: 2 colheres de sementes de urucum, 1 copo de água, 1 colher (sopa) bem rasa de polvilho ou farinha de trigo ou 1 colher de chá de cola, 1 colher de chá de óleo de cozinha.

Como fazer: misturar as sementes com a água e cozinhar bem, depois engrossar com o polvilho ou farinha dissolvidos em pouca água. Tirar do fogo e colocar a cola e o óleo mexendo bem.

  • Tinta guache

 Material: 2 colheres de sopa de tinta em pó xadrez, 1 colher pequena de gesso, 1 colher pequena de cola branca ou goma arábica, água o quanto baste.

Como fazer: misturar a tinta com cola ou goma, depois a água e por fim o gesso

Você está aqui: