Televisão ou Cineminha

Material: caixa de papelão ou caixote, cabo de vassoura ou pedaço de madeira roliço, papel para desenhar a história, lápis de cor, revistas, pedaço de pano, cola e fita gomada.

Como fazer: as histórias podem ser contadas usando um “cinema ou televisão”. Cortar na caixa ou caixote o espaço para ser a tela da televisão e fazer furos, em cima e em baixo como mostra o desenho, para colocar os cabos de vassoura. Escolher um livro para copiar a história ou criar uma história que retrate o dia-a-dia das crianças ou qualquer outro tema que você goste e ache interessante para as elas. O filme, ou seja, as ilustrações da história devem ser feitos em folhas ou pedaços de papel com tamanho um pouquinho maior que a largura da tela. Para ilustrar, podem ser feitos desenhos ou aproveitar desenhos e fotos de revistas. Cada cena é desenhada ou colada numa folha de papel e as folhas são coladas umas nas outras. Colocar na cena inicial o nome da história, do autor e de quem ilustrou. Depois, as outras cenas em sequência até a final. A última cena deve ter a palavra FIM para mostrar que terminou. As pontas do filme devem ser reforçadas com uma tira de pano colada ou um mesmo um papel mais grosso. O filme deve ter ambas as pontas presas em um pedaço de cabo de vassoura com fita gomada ou durex para não soltar. A ponta com a cena inicial deve ser presa no cabo de vassoura da parte de baixo onde o filme vai sendo enrolado à medida que a história vai sendo contada.

Como contar: é melhor que a televisão ou cineminha já esteja com o filme montado antes das crianças chegarem. O brinquedista / brincador pode ir lendo num papel a história à medida que vai passando o filme, mas o ideal é que já saiba a história para poder ir contando sem precisar ler o texto.

Álbum seriado

Material: cavalete ou pedaços de papelão. Papel para desenhar a história, lápis de cor, revistas, cola.

Como fazer: as histórias também podem ser contadas usando-se um cavalete. As cenas são feitas em folhas (semelhante às da televisão), que vão formar um bloco. Este bloco, com todas as cenas da história em seqüência, é preso num cavalete ou em duas tábuas ou, ainda, em pedaços de papelão grosso como mostra o desenho.

Como contar: o brinquedista pode ir lendo num papel a história à medida que vai virando as folhas do bloco, mas o ideal é que já saiba a história para poder ir contando sem precisar ler o texto.

Você está aqui: