Se o médico receitar antibiótico, é direito da criança receber a 1ª (primeira) dose no ato da consulta ainda no posto de saúde.

A pneumonia é mais perigosa nos bebês:

  • com menos de dois meses de idade;
  • que nasceram com menos de dois quilos e meio;
  • que não mamam no peito;
  • que estão desnutridos;
  • que não estão com as vacinas em dia.

Algumas condições do ambiente fazem o ar ficar poluído e facilitam pegar esse tipo de doença. São as casas em que não entra sol, não é renovada a entrada de ar, têm poeira e fumaça de carro, fogão à lenha ou poluição de carros, fábricas e das queimadas.

O hábito de fumar perto da criança aumenta as chances de ela ter problemas respiratórios, como bronquite, inflamação de ouvido, sinusite, asma e pneumonia.

Tem dificuldade para respirar:

  • Ruído esquisito ao respitar (estridor);
  • Aparecem as costelas quando puxa o ar (tiragem subcostal). 

Líder, quando o bebê apresenta algum sinal de infecção respiratória, você deve orientar a mãe para que:

  • leve ao médico o mais rápido possível;
  • continue a amamentar;
  • dê os medicamentos na dose, nos horários e pelo tempo recomendado pelo médico;
  • volte ao serviço de saúde no dia marcado ou a qualquer momento, se o bebê não apresentar melhora ou piorar.

Se você observar algum sinal de perigo nas crianças que acompanha, encaminhe-as imediatamente para o hospital. As Infecções Respiratórias Agudas (IRA) são um dos principais problemas de saúde entre as crianças menores de cinco anos.

Reconhecer os sinais de perigo e começar logo o tratamento ajudam a diminuir a gravidade da doença e pode evitar a morte por pneumonia.

Assista o vídeo:

 

Você está aqui:
Você está aqui: