Correr, pular, jogar bola, se equilibrar, desenhar, dançar e se divertir com os amigos, essas são ações comuns para as crianças. Mas, você já parou para pensar quantas habilidades e aprendizados estão presentes nas brincadeiras?  

A brincadeira é uma atividade essencial e saudável na infância. Por meio do brincar a criança constrói seu próprio mundo e se projeta no mundo real, ou seja, ela cria e usa o faz de conta para entender a realidade em que vive.

O brincar também promove novas vivências, que acarretam no desenvolvimento e por consequência, no aprendizado. Durante essa atividade, as crianças aprendem umas com as outras, desenvolvem suas potencialidades, trabalham suas limitações, descobrem o mundo, se exercitam e se enchem de alegria, o que eleva a autoestima e as incentiva a continuar brincando.

Existem muitas possibilidades de incorporar atividades lúdicas na rotina das crianças. Mas, vale lembrar que é importante deixar que os pequenos decidam, perguntem, escolham e encontrem soluções para a atividade que querem fazer, de modo que a brincadeira seja um momento de diversão e não apenas um exercício.

Neste espaço, vamos falar sobre as brincadeiras em locais maiores, como um pátio, praça, rua sem movimento, até mesmo uma varanda ou uma sala maior, ou seja, qualquer lugar que permita bastante movimento e onde possam ser realizadas atividades em conjunto com um maior número de crianças. 

Chame os amigos e vamos brincar!

Crianças brincando na areia